21:59 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 04
    Nos siga no

    O INS Vikrant, o primeiro porta-aviões construído pela Índia, está atualmente no estaleiro de Cochin, em Kerala, no sul do país. A embarcação iniciou os testes no mar em agosto e está previsto que seja comissionado em 2022.

    Na segunda-feira (6), as autoridades de Kerala revelaram o recebimento de uma denúncia oficial do Cochin Shipyard Limited (CSL) sobre um e-mail anônimo ameaçando explodir o INS Vikrant, o porta-aviões que está sendo construído em Cochin.

    "O CLS recebeu um e-mail anônimo no dia 25 de agosto de 2021", afirmou Manoj K., chefe da Polícia de Ernakulam, ressaltando que as autoridades estão investigando uma possível conexão com o terrorismo.

    Em julho, um afegão, Eid Gul, foi preso por ter supostamente usado documentos falsos para garantir emprego no CSL. Desde então, a área tem permanecido sob segurança máxima. O caso de Eid Gul foi posteriormente entregue à Agência de Investigação Nacional (NIA, na sigla em inglês).

    O INS Vikrant, construído no estaleiro de Cochin, tem 262 metros de comprimento e um deslocamento de 40.000 toneladas, permitindo ao navio transportar um total de 30 aeronaves, incluindo caças e helicópteros.

    Mais:

    Índia: 'fungo branco' raro detectado no cérebro de pacientes recuperados de COVID-19
    Especialista: com China testando Índia em Ladakh, Nova Deli poderá 'perder corrida' no oceano Índico
    Índia afirma que Pequim e Nova Deli vão retirar suas forças de região disputada no Himalaia
    Tags:
    Índia, Marinha, terrorismo, bomba, ameaça
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar