20:11 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    151
    Nos siga no

    Porta-voz do Talibã, Zabihullah Mujahid, afirmou que os combatentes do movimento têm o controle total da província afegã de Panjshir, no norte do país.

    "O último reduto de mercenários inimigos, a província de Panjshir, está completamente tomada […] Os mais recentes esforços para garantir a segurança completa no país também trouxeram resultados, e a província de Panjshir ficou sob o controle total do Emirado Islâmico", escreveu o porta-voz em sua conta no Twitter.

    Ele acrescentou que alguns dos combatentes da resistência foram derrotados, enquanto outros fugiram. O Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em outros países) assegurou ao povo de Panjshir que não o oprimiria.

    Resistência de Panjshir nega tomada da província

    Por sua vez, a Frente de Resistência negou a declaração do movimento Talibã sobre a tomada da província e anunciou sua intenção de continuar a luta.

    Nesta segunda-feira (6) as forças da resistência refutaram as alegações de os talibãs terem assumido o controle total da referida província e prometeram continuar a luta conta o grupo.

    Veículos blindados da milícia leal a Ahmad Massoud, filho de Ahmad Shah Massoud, no Vale do Panjshir, Afeganistão, 25 de agosto de 2021
    © AP Photo / Jalaluddin Sekandar
    Veículos blindados da milícia leal a Ahmad Massoud, filho de Ahmad Shah Massoud, no Vale do Panjshir, Afeganistão, 25 de agosto de 2021
    "A declaração do Talibã sobre a tomada de Panjshir não corresponde à verdade. As forças da Frente de Resistência estão presentes em todas as posições estratégicas em todo o vale para continuar a luta. Asseguramos ao povo afegão que a luta contra os talibãs e seus parceiros continuará até que a justiça e a liberdade prevaleçam", afirmam as forças da resistência em comunicado divulgado no Twitter.

    Panjshir, localizada a nordeste de Cabul, permanece a única província afegã que não seria controlada pelos talibãs. As forças de resistência, lideradas por Ahmad Massoud, prometeram cessar a luta contra o movimento se ele proporcionar liberdade e igualdade a todos os cidadãos e formar um governo inclusivo.

    Mais:

    Provável guerra civil no Afeganistão pode levar à 'reconstituição da Al-Qaeda', diz general dos EUA
    MRE russo: EUA querem vingar morte de soldados porque sua 'anterior missão de vingança fracassou'
    Líder da resistência em Panjshir: se ataques cessarem podemos negociar com Talibã
    Tags:
    Afeganistão, Talibã, conflito armado, grupos armados
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar