21:27 15 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    458
    Nos siga no

    Neste domingo (5), um menino de 12 anos morreu do vírus Nipah no estado indiano de Kerala, confirmou Veena George, ministra da Saúde daquele estado.

    De acordo com a ministra estadual, outras 20 pessoas, que poderiam ter interagido com o falecido, estão em observação, vários distritos do estado foram colocados em alerta máximo.

    "Três amostras – plasma, líquido cefalorraquidiano (LCR) e soro – estavam infetadas. [O falecido] deu entrada no hospital com febre alta há quatro dias. Mas no sábado sua saúde piorou. Nós tínhamos enviado suas amostras para testes anteontem", disse a ministra, acrescentando que "até agora identificamos 188 contatos. A equipe de vigilância marcou 20 deles como contatos de alto risco. Dois desses contatos de alto risco têm sintomas. Ambos são profissionais de saúde", escreve portal India Times.

    Ela disse que todos os 20 contatos de alto risco seriam transferidos para a Faculdade de Medicina de Kozhikode, enquanto outros foram solicitados a permanecer em isolamento.

    Morcego comendo fruta (imagem de arquivo)
    © AP Photo / Tarun Das
    Morcego comendo fruta (imagem de arquivo)

    O governo federal enviou uma equipe de Centro Nacional de Controle de Doenças para Kerala, que fornecerá apoio técnico ao estado.

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera o vírus Nipah, que habitualmente é detectado em raposas-voadoras e ratos, um dos mais perigosos no mundo. Ele se transmite aos humanos quando estes comem frutos que tenham saliva de animais infetados. Atualmente não há nem medicamentos, nem vacinas contra esse vírus, cujo nível de letalidade é de 40 a 75%.

    Anteriormente, na Índia foram descobertos quatro surtos deste vírus. Pela primeira vez na Índia o Nipah foi registrado no estado de Bengala Ocidental em 2001 e 2007. Por outras duas vezes ele foi encontrado no estado de Kerala, em 2018 e 2019.

    Mais:

    Índia: 'fungo branco' raro detectado no cérebro de pacientes recuperados de COVID-19
    COVID-19 com mortalidade de 35%? Descrita possível estirpe do coronavírus mais perigosa
    Na Índia, quase 70 pessoas morrem em 1 semana devido a 'febre misteriosa'
    Tags:
    Índia, morcego, vírus, cientistas, OMS
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar