01:24 25 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    6131
    Nos siga no

    Cidadãos norte-americanos foram notificados sobre pontos de encontro especiais, onde os talibãs verificavam suas credenciais e os acompanhavam a um portão secreto.

    As Forças Armadas dos EUA firmaram um acordo secreto com o Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em outros países) para escoltar os cidadãos norte-americanos a uma entrada do Aeroporto Internacional Hamid Karzai de Cabul, segundo funcionários da Defesa americana revelaram à CNN.

    As forças de operações especiais dos EUA montaram um "portão secreto" no aeroporto de Cabul com o objetivo de manter seus cidadãos longe das entradas principais, que se tornaram alvos mais prováveis de ataques terroristas.

    Além disso, foi revelado que, em uma medida secreta, as tropas norte-americanas do Comando Conjunto de Operações Especiais ajudaram cidadãos dos EUA a fugirem do Afeganistão, guiando-os através de "serviços de atenção telefônica".

    De acordo com as fontes, os cidadãos norte-americanos que tentavam fugir do Afeganistão eram notificados sobre pontos de encontro especiais nas proximidades do aeroporto, onde os talibãs verificavam suas credenciais e os acompanhavam a um portão vigiado por militares norte-americanos.

    Assim, um dos principais pontos de encontro para as missões de escolta encontrava-se próximo do prédio do Ministério do Interior.

    Os militares norte-americanos podiam observar como os cidadãos acompanhados pelos talibãs se aproximavam, para intervir caso fosse necessário.

    "Funcionou, funcionou estupendamente", confessou um dos funcionários citados.

    Mais:

    UE prepara resposta para 'impedir migração descontrolada do Afeganistão', diz mídia
    Ameaça de ataques no Afeganistão 'vai crescer' com retirada das tropas ocidentais, diz Reino Unido
    Afeganistão: 'Teremos que voltar' e tratar do Daesh e Al-Qaeda, diz ex-secretário de Defesa dos EUA
    Moscou espera que armas deixadas pelos EUA no Afeganistão não sejam usadas em potencial guerra civil
    Tags:
    aeroporto, Cabul, Afeganistão, tropas, EUA, Talibã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar