23:20 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    2347
    Nos siga no

    No domingo (29), o Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em outros países) cortou todas os serviços de comunicação na província de Panjshir, o último ponto de resistência contra o grupo insurgente.

    De acordo com a mídia local, tais atos teriam como objetivo impedir que o vice-presidente afegão, Amrullah Saleh, que se auto-proclamou presidente interino, compartilhasse mensagens em sua conta de Twitter.

    Hoje (30), militantes do Talibã atacaram um posto na província não controlada pelo grupo, reportou uma fonte próxima das forças de resistência.

    Segundo essa fonte, as forças referidas conseguiram repelir o ataque, mas os confrontos continuam e, até agora, ainda não chegou nenhuma informação vinda do Talibã.

    Talibã está às portas de Panjshir.

    Panjshir está sob cerco total do Talibã, que aguarda ordens da liderança para o próximo passo.

    Desde 15 de agosto que o Talibã estabeleceu seu controle em Cabul e em praticamente todo o país. Agora, o grupo luta para afirmar seu poder na última província que ainda não caiu em seu domínio. 

    Mais:

    Em telefonema com Blinken, chanceler da China diz que EUA devem 'orientar positivamente' o Talibã
    Talibã corta acesso à Internet no Vale do Panjshir, relata mídia
    Quase 100 países fazem acordo com Talibã para saída segura do Afeganistão; Brasil não está na lista
    Tags:
    Afeganistão, Talibã, invasão, resistência, tensão, cerco
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar