03:42 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    01336
    Nos siga no

    Um ataque de foguete conduzido pelos EUA contra o EI-K, um ramo do Daesh, levou a uma forte explosão junto do aeroporto de Cabul, matando uma criança e ferindo três outras pessoas, indica mídia.

    Um foguete foi disparado pelos EUA em Cabul, Afeganistão, contra o Estado Islâmico-Khorasan (EI-K), um ramo do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) que atua no Afeganistão e no Paquistão, revelaram no domingo (29) funcionários norte-americanos à agência britânica Reuters.

    O ataque visou um carro-bomba que preparava um ataque no aeroporto, onde têm sido conduzidas evacuações em massa nas duas últimas semanas, referiu a agência Associated Press (AP) citando fonte do Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países).

    Uma criança foi morta, e três outras pessoas ficaram feridas, informa a emissora Al Jazeera.

    Vídeo de explosão em Cabul

    Foi publicado pelo jornalista Muslim Shirzad

    Ainda não há informação sobre feridos

    O foguete não atingiu o alvo, mas explodiu em uma área residencial, segundo relatou no domingo (29) uma fonte à agência chinesa Xinhua. O ataque ocorreu às 16h55, horário local (09h25, horário de Brasília), explicou a testemunha à mídia.

    Uma fonte nas forças de segurança disse à Sputnik que o foguete atingiu o 15º distrito da cidade.

    Na quinta-feira (25), ocorreram explosões perto e dentro do aeroporto de Cabul que, além de mortos civis, resultou em vítimas entre militares dos EUA e militantes do Talibã, de acordo com informações de ambos os lados.

    Joe Biden, presidente dos EUA, prometeu que o país continuará "caçando qualquer pessoa envolvida nesse hediondo ataque", em referência ao EI-K, que assumiu responsabilidade pelos ataques.

    O Pentágono anunciou no sábado (28) ter conduzido um ataque aéreo no leste do Afeganistão contra o Daesh na sexta-feira (27), matando dois líderes do grupo militante e ferindo outro.

    Mais:

    Biden defende novos bombardeamentos contra EI-K com 'altamente provável' ataque terrorista em breve
    Biden concede 'autoridade total' para alvejar militantes do EI–K, responsáveis por ataques em Cabul
    Homem-bomba e cúmplices foram autores de ataques em Cabul, diz Pentágono
    Tags:
    Cabul, Afeganistão, EUA, Daesh, Talibã, Estado Islâmico, Reuters, Al Jazeera, Xinhua, Xinhua News
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar