09:34 25 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1121
    Nos siga no

    Tiros foram disparados perto do portão oriental do aeroporto de Cabul, informou o canal de televisão Al-Jazeera na sexta-feira (27).

    A Al-Jazeera também informou que o Talibã está reforçando as medidas de segurança no local de ataque no aeroporto de Cabul e intensificando as inspeções para incluir equipes de imprensa.

    No mesmo dia, foi informado que a unidade especial do Talibã Badri 313 deteve três terroristas do Daesh (ambas são organizações terroristas proibidas na Rússia e em vários outros países) na entrada do aeroporto de Cabul, de acordo informação divulgada nas redes sociais.

    Ataques em Cabul

    Na quinta-feira (26), várias explosões atingiram o aeroporto de Cabul e zonas próximas, deixando mais de 100 mortos. O grupo terrorista Estado Islâmico-Khorasan (EI-K), um ramo do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) assumiu a responsabilidade pelos ataques.

    Segundo os últimos dados, 1.338 pessoas ficaram feridas e 110 morreram na sequência de uma série de ataques terroristas na capital afegã. O Pentágono confirmou que os ataques terroristas de ontem no aeroporto de Cabul mataram pelos menos 13 soldados dos EUA.

    Reação da Rússia

    O Kremlin condenou os ataques recentes em Cabul, segundo o porta-voz do presidente russo Dmitry Peskov.

    "Condenamos veementemente esses atentados terroristas. Claro que são notícias muito tristes de um grande número de mortos", disse Peskov aos jornalistas.

    Mais:

    Combate ao terrorismo pode 'renovar' cooperação entre países do BRICS?
    Chefe do Comando Central diz que EUA compartilham informações de inteligência com o Talibã
    Depois do fracasso completo, Ocidente já não tem voz nos assuntos do Afeganistão, diz especialista
    Trump: ataques em Cabul não teriam acontecido se ele 'fosse presidente' dos EUA
    Imagens fortes: médicos atendem dezenas de feridos após explosões no aeroporto de Cabul
    Tags:
    Afeganistão, Talibã, aeroporto, Cabul, tiroteio, ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar