21:14 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    111410
    Nos siga no

    O país europeu alocou capacidade extra para transporte ao exterior de cervejas e vinho para fora de uma base militar no Afeganistão, escreveu o jornal Bild, criticando a logística adotada.

    A Alemanha levou dezenas de milhares de litros de cerveja e vinho do Afeganistão, informou o jornal alemão Bild.

    Segundo um artigo de análise de notícias da mídia, durante a elaboração em junho da estratégia de retirada do Afeganistão, o governo alemão alocou uma capacidade extra de transporte para retirar 340 garrafas de vinho e quase 65.000 barris de cerveja do país.

    O volume total de álcool era de 22.500 litros, consistindo de sobras de licor utilizadas na base das Forças Armadas na Alemanha na cidade de Mazar-i-Sharif.

    "Aqueles que trabalharam por muitos anos para a Alemanha e arriscaram suas vidas aparentemente valem menos que latas de cerveja para o governo federal", comentou o diário sobre centenas desses afegãos e suas famílias, que continuam no Afeganistão.

    A evacuação do pessoal estrangeiro, incluindo diplomatas e afegãos que trabalham para missões no exterior, vem ocorrendo há vários dias através do único aeroporto de Cabul. A evacuação é acompanhada de esmagamentos e tiros, e têm havido mortes.

    A situação no Afeganistão deteriorou-se nas últimas semanas com a ofensiva do Talibã (organização terrorista, proibida na Rússia e em vários outros países) nas grandes cidades, e com a retirada das tropas dos EUA do país.

    No domingo (15) os militantes disseram que entraram em Cabul e tomaram o controle do palácio presidencial. Ashraf Ghani, ex-presidente do Afeganistão, disse ter deixado o país "para evitar um massacre". Na segunda-feira (16) à noite Mohammad Naeem, porta-voz do gabinete político do Talibã, anunciou que a guerra no Afeganistão havia terminado.

    Mais:

    Restos humanos são encontrados em roda de avião militar dos EUA que decolou do aeroporto de Cabul
    Caos no aeroporto de Cabul: evacuação de emergência de estrangeiros e afegãos
    Secretário de Defesa britânico lamenta papel do Ocidente no Afeganistão
    Tags:
    Alemanha, Afeganistão, Bild, Forças Armadas, Mazar-i-Sharif
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar