04:57 01 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    3233
    Nos siga no

    A China colocou em órbita um novo grupo de satélites de teledetecção. O lançamento ocorreu na manhã desta segunda-feira (19) no Centro de Lançamento de Satélites de Xichang, na província de Sichuan.

    Os satélites, pertencentes à família Yaogan-30, foram colocados em órbita pelo foguete portador Longa Marcha-2C. Este é o décimo grupo lançado desta família de satélites. O primeiro envio de satélites Yaohan-30 para órbita ocorreu em 2006. A teledetecção, ou sensoriamento remoto, é o processo da coleta de dados utilizando os satélites de observação da Terra.

    ​A China lança com sucesso um novo grupo de satélites de sensoriamento remoto, a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Xichang, no sudoeste da China, na província de Sichuan, à 08h19 de segunda-feira [19].

    O foguete também levou para órbita o Tianqi-15, um satélite da família Tianqi. O lançamento desta segunda-feira (19) foi a missão número 380 da série de foguetes Longa Marcha, segundo a agência de notícias Xinhua.

    Nesta semana, a China completou com sucesso o primeiro teste de voo de um veículo suborbital reutilizável. O veículo foi lançado a partir do centro de lançamento de satélites de Jiuquan, no noroeste do país, e completou seu voo inaugural após pousar "horizontalmente" e de maneira estável em um aeroporto da região da Mongólia Interior.

    Mais:

    China lança foguete com módulo principal da sua futura estação orbital (VÍDEO, FOTOS)
    China implanta lançador de foguetes de longo alcance 'como dissuasão para Índia', diz jornal
    Queda de destroços de foguete chinês Longa Marcha 5B seria 'equivalente à queda de pequeno avião'
    Tags:
    satélites, satélite, China, lançamento, foguetes, foguete
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar