05:56 03 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    2205
    Nos siga no

    Taipé pede aos EUA para não gerarem "especulações e mal-entendidos", depois que o governo norte-americano deletou postagem no Twitter de foto de pessoas se vacinando com a bandeira de Taiwan ao fundo.

    Nesta quinta-feira (8), Taiwan pediu aos EUA para não causarem "especulações ou mal-entendidos desnecessários" depois que a Casa Branca excluiu uma postagem no Twitter sobre doações da vacina COVID-19 que incluía a bandeira de Taiwan, segundo a Reuters.

    "Com relação ao motivo da exclusão do tweet, como a mídia tem interpretações diferentes, o Ministério das Relações Exteriores [de Taiwan] pediu ao Escritório de Representação nos Estados Unidos para lembrar ao governo dos EUA de não causar especulação desnecessária ou mal-entendido em todas as esferas devido à remoção do tweet relacionado", disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores de Taiwan, Joanne Ou, citada pela mídia.

    A equipe de resposta à COVID-19 da Casa Branca postou esta semana uma imagem com detalhes das doações de vacinas dos EUA em todo o mundo, incluindo as fotos das vacinas da Moderna, enviadas para Taiwan no mês passado.

    A foto mostrava a bandeira da ilha junto a de outras pessoas que se imunizavam no momento. No entanto, a publicação foi posteriormente deletada.

    Segundo a mídia, um porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca (NSC, na sigla em inglês) chamou o uso da bandeira de "um erro honesto" pela equipe que lida com mídia social, e que não deve ser visto como uma mudança na política dos EUA em relação a Taipé.

    Um porta-voz do NSC disse que o tweet foi removido quando o erro foi percebido, no caso, a postagem com a bandeira taiwanesa.

    "Os Estados Unidos continuam comprometidos com nossa política de uma só China. Nossa política está clara há décadas e não mudou", disse o porta-voz citado pela mídia.

    Washington é o mais importante financiador e fornecedor de armas para Taiwan, entretanto, não apoia oficialmente a separação entre a ilha e a China, que considera Taipé parte de seu território.

    Mais:

    'Sinistro, perigoso e irresponsável': China critica severamente Japão por chamar Taiwan de 'país'
    Mídia: EUA e Japão conduzem 'jogos de guerra secretos' para possível conflito entre China e Taiwan
    Taiwan protesta ante juramento de 'reunificação' com China por Xi Jinping
    Tags:
    Taiwan, China, EUA, vacina, relações exteriores
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar