06:03 01 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 281
    Nos siga no

    No domingo (4), os astronautas chineses da missão Shenzhou-12 realizaram a primeira saída ao espaço em 13 anos. Os astronautas saíram do módulo principal Tianhe, que entrou em órbita em abril.

    Os astronautas chineses Liu Boming e Tang Hongbo saíram ao espaço do módulo principal Tianhe da estação espacial em construção Tiangong. A saída foi transmitida ao vivo pela Televisão Central da China. Os astronautas realizaram atividades extraveiculares com o apoio de braço robótico.

    Astronautas chineses saíram ao espaço do módulo principal da Tiangong.

    Para a China esta saída ao espaço foi a primeira em 13 anos. A última vez quando os astronautas chineses saíram ao espaço foi em 2008, na época tratou-se da tripulação da espaçonave Shenzhou-7.

    A construção da estação espacial Tiangong começou oficialmente em 28 de abril deste ano, quando o modulo principal Tianhe entrou em órbita. Seu comprimento é de 16,6 metros e o diâmetro máximo é de 4,2 metros.

    Atualmente, Tianhe é a maior nave espacial criada pela China. O módulo tem o posto de controle e a área habitável principal para a tripulação (cerca de 50 metros cúbicos). No Tianhe serão realizados alguns experimentos científicos e tecnológicos.

    Astronautas chineses Liu Boming e Tang Hongbo trabalham com o traje espacial no módulo principal Tianhe da estação espacial em construção Tiangong, 23 de junho de 2021
    © REUTERS / CCTV
    Astronautas chineses Liu Boming e Tang Hongbo trabalham com o traje espacial no módulo principal Tianhe da estação espacial em construção Tiangong, 23 de junho de 2021
    Além do módulo principal, também haverá áreas habitáveis em outros módulos experimentais, então a área total de habitação será de cerca de 110 metros cúbicos. O módulo principal é equipado com dois mecanismos de acoplamento para compartimentos de experimentos e com outros três para naves tripuladas e de carga.

    É planejado que no ano que vem o módulo de laboratório Wentian e o de experimentos Mengtian acoplarão ao Tianhe. Além disso, em 2025 será lançado o módulo astrofísico autônomo Xuntian, que acoplará periodicamente à estação espacial para manutenção.

    Espera-se que a criação da Tiangong termine até 2022, para isso serão realizadas 12 missões no total. Na estação poderão permanecer simultaneamente três astronautas ou seis pessoas durante a troca de tripulação.

    Mais:

    Pequena e massiva: estrela morta do tamanho da Lua estabelece recordes cósmicos ao ser revelada
    Físicos confirmam teorema de Hawking pela 1ª vez através de observações
    Astrônomos estudam galáxias distantes usando lente gravitacional a 3,3 bilhões de anos-luz
    Missão Hera vai filtrar segredos de asteroides por meio de satélites miniaturizados CubeSats (VÍDEO)
    Tags:
    construção, nave espacial, órbita, astronauta, China, espaço
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar