12:58 05 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 392
    Nos siga no

    A Corporação Nacional de Petróleo Offshore da China (CNOOC, na sigla em inglês) elevará as suas capacidades de armazenamento de gás natural liquefeito, tornando sua instalação a maior unidade de armazenamento do mundo.

    As obras estão sendo realizadas no parque industrial portuário de Yancheng Binhai, na província chinesa de Jiangsu.

    Na sexta-feira (11), a corporação emitiu um comunicado anunciando que a construção está em andamento e que, além dos quatro tanques de armazenamento existentes, com capacidade de 220.000 metros cúbicos cada um, planeja-se adicionar ao complexo outros seis novos tanques, com capacidade para 270.000 metros cúbicos cada, bem como outras instalações complementares.

    Logo da Corporação Nacional de Petróleo Offshore da China em Pequim
    © REUTERS / Tingshu Wang
    Logo da Corporação Nacional de Petróleo Offshore da China em Pequim

    Estima-se que a construção seja concluída em 2023 e que o terminal de Jiangsu tenha uma capacidade anual de processamento de gás natural liquefeito de seis milhões de toneladas.

    Mais:

    Novas FOTOS coloridas de Marte são reveladas pelo rover chinês Zhurong
    FOTOS mostram navio de inteligência e aviões chineses em recife disputado no mar do Sul da China
    China testa mísseis balísticos DF-26 'assassinos de porta-aviões' (VÍDEO)
    Tags:
    gás, gás natural, China, Gás Natural Liquefeito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar