04:46 16 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    2110
    Nos siga no

    As autoridades chinesas se preparam para possíveis danos na tentativa de manterem 15 elefantes asiáticos selvagens longe de áreas povoadas.

    A manada de elefantes asiáticos, cuja espécie é estritamente protegida na China, iniciou sua jornada desde um parque natural no sul da Prefeitura Autônoma de Xishuangbanna Dai, caminhando até 500 quilômetros por mais de um ano.

    Manada de elefantes selvagens em migração para o norte entrou em Kunming, capital de Yunnan, em 2 de junho. Ninguém sabe por que os elefantes se deslocaram desde seu habitat na floresta, no entanto, chegar muito perto da cidade pode ser perigoso para os elefantes e para os residentes locais.

    Neste domingo (6), um comando especial, formado na província de Yunnan para monitorar e, com sorte, direcionar a migração destes animais, implantou 14 drones para verificar o progresso dos mesmos.

    O comando também mobilizou 510 pessoas e mais de 110 veículos, na tentativa de bloquear estradas e desviar os elefantes da capital da província, Kunming, para áreas rurais menos povoadas, informou a agência de notícias Xinhua.

    4 de junho, Kunming, Yunnan. Um morador captou um vídeo de elefantes entrando em seu pátio e abrindo a torneira para beberem água. No vídeo, um elefante encontra uma torneira e abre-a com sua tromba para beber. Em seguida, os outros elefantes se juntam a ele.

    As migrações das manadas de elefantes, contudo, têm provocado prejuízos de até US$ 1,1 milhão (cerca de R$ 7 milhões) aos agricultores. No entanto, ainda está para ser apurado o que originou tamanha movimentação destes enormes mamíferos.

    Mais:

    China tem sua própria força-tarefa para monitorar OVNIs com ajuda de inteligência artificial
    Ele é só um bebê! Elefante 'rabugento' investe violentamente contra filhote de hipopótamo
    Em busca de independência mineira da China: especialistas avisam sobre consequências para EUA e UE
    Tags:
    migração, elefantas, Kunming, Yunnan, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar