20:11 21 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Mundo em meio à pandemia da COVID-19 no fim de maio de 2021 (61)
    0 48
    Nos siga no

    As autoridades do estado indiano de Jammu e Caxemira, região administrada pela Índia, declararam nesta segunda-feira (24) epidemia de mucormicose – uma infecção causada por fungos que afeta principalmente os olhos.

    Os governantes dessa região tomaram esta medida pouco depois da primeira morte por mucormicose ser detectada na área em um paciente de 40 anos, que se recuperou da COVID-19, e morreu na semana passada devido ao fungo preto, informa mídia local.

    Além disso, as autoridades de Jammu e Caxemira prolongaram o recolher obrigatório até ao final do mês, que foi anteriormente estabelecido, e deveria ser finalizado no dia de hoje (24).

    Previamente, o governo da Índia instou todos os estados a declararem esta infecção fúngica como epidemia, assim como a obrigação de comunicarem sobre todos os casos confirmados e suspeitos.
    Pessoas que sofrem de dificuldades respiratórias recebem gratuitamente oxigênio no templo de Gurdwara, Deli, Índia
    © Sputnik / Idris Mukhamed
    Pessoas que sofrem de dificuldades respiratórias recebem gratuitamente oxigênio no templo de Gurdwara, Deli, Índia

    Entre os principais sintomas desta infecção destacam-se a dor e vermelhidão em torno dos olhos e nariz, enxaquecas, febre e tosse, bem como dificuldades respiratórias, vômitos com sangue e até mesmo um estado mental alterado.

    O "fungo preto" teria surgido como efeito colateral em pacientes com COVID-19 que receberam suporte de oxigênio através de cilindros de oxigênio medicinal líquido ou concentradores.

    Na semana passada, os estados indianos Rajastão e Telangana, haviam declarado a infecção de fungo preto como uma epidemia após serem registrados mais uma centena de casos de mucormicose.

    Tema:
    Mundo em meio à pandemia da COVID-19 no fim de maio de 2021 (61)

    Mais:

    Nova Deli estende lockdown pela 5ª vez em meio à explosão da COVID-19 na Índia
    Casos de 'fungo preto' crescem na Índia e são quase 9 mil
    OMS alerta: 'A situação da Índia pode se repetir em qualquer lugar'
    Tags:
    COVID-19, Jammu e Caxemira, epidemia, infecção, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar