22:20 23 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 10
    Nos siga no

    Pelo menos 40 pessoas morreram em vários estados da Índia devido ao ciclone Tauktae, ocorrido na segunda-feira (17) na costa ocidental indiana. Operações de busca e resgate continuam.

    Até agora, foram registradas mortes nos estados ocidentais indianos de Maharashtra, Kerala, Karnataka, Gujarat e Goa. Relâmpagos, desabamento de edifícios e queda de árvores e postes de eletricidade são as causas principais das mortes ligadas ao ciclone, conforme a CNN.

    Segundo as autoridades do estado de Gujarat, por causa de queda de árvores e chuvas fortes morreram pelo menos 13 pessoas. Na cidade de Mumbai morreram pelos menos 12 pessoas. Seis pessoas acabaram morrendo no estado de Karnataka, e também há mortes em Goa e Kerala.

    Ondas cobrem estrada durante o ciclone Tauktae na cidade de Mumbai, Índia, 17 de maio de 2021
    © REUTERS / @ompsyram
    Ondas cobrem estrada durante o ciclone Tauktae na cidade de Mumbai, Índia, 17 de maio de 2021

    Na noite da terça-feira (18), a Marinha indiana informou que as operações de busca e resgate incluirão helicópteros e outros recursos navais, apesar das "circunstâncias extremamente desafiadoras".

    Os militares indianos continuam as operações de busca e resgate durante terceiro dia após o ciclone que deixou dezenas de desaparecidos e presos no mar.

    Resgatadores já conseguiram salvar 186 operadores de plataforma de petróleo da Corporação de Petróleo e Gás Natural da Índia (ONGC, na sigla em inglês), e continuam buscando os outros 75 funcionários, que foram arrastados pelo ciclone para o mar na segunda-feira (17).

    Pessoas salvam móveis de restaurante atingido pelo ciclone Tauktae, estado de Gujarat, Índia, 18 de maio de 2021
    © REUTERS / Amit Dave
    Pessoas salvam móveis de restaurante atingido pelo ciclone Tauktae, estado de Gujarat, Índia, 18 de maio de 2021

    O ciclone se formou no mar Arábico e rasgou o centro financeiro de Mumbai no estado de Maharashtra antes de atingir Gujarat. Seus ventos e chuvas fortes causaram inundações e destruição em regiões costeiras baixas, antes de atingir a costa.

    O vento chegou a 205 quilômetros por hora quando atingiu a costa, sendo equivalente a um furacão de categoria 3. No fim da terça-feira (18), o ciclone enfraqueceu, e é esperado que enfraqueça ainda mais nesta quarta (19) enquanto se move para o norte do estado de Rajastão, de acordo com o Departamento Meteorológico da Índia.

    Mais:

    Ex-líder das FARC é morto em operação das forças especiais da Colômbia
    Embaixadora do Marrocos chamada ao MRE da Espanha após 6 mil imigrantes entrarem em Ceuta
    EUA tacham comentários de Erdogan sobre judeus de 'antissemitas'
    Forte explosão durante confrontos com polícia na Colômbia deixa 2 mortos e 34 feridos (VÍDEOS)
    Tags:
    vento, mar, mortes, vítimas, tempestade, ciclone, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar