01:34 24 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Mundo vs. pandemia do coronavírus no início de maio de 2021 (63)
    0 61
    Nos siga no

    A polícia da cidade de Ahmedabad prendeu 23 pessoas, nesta quarta-feira (5), incluindo o líder da aldeia local, em Navapura, no estado de Gujarat, um dia após uma aglomeração por uma cerimônia religiosa.

    De acordo com a polícia, a procissão religiosa reuniu centenas de mulheres, conforme publicado pelo site indiano The Indian Express.

    Gujarat, estado natal do primeiro-ministro do país, Narendra Modi, está sob decreto de lockdown ao menos até o dia 12 de maio, devido a uma segunda onda de COVID-19. O país tem registrado mais de 3 mil mortes e 300 mil novos casos da doença diariamente.

    Vídeos que circulam na Internet mostram a aglomeração de mulheres, que carregam potes de água sobre a cabeça, sem máscaras e desrespeitando o distanciamento social.

    Gujarat | Apesar das restrições de COVID-19, um grande número de mulheres se reuniu na vila de Navapura, em Sanand, distrito de Ahmedabad, para oferecer orações no templo de Baliyadev, nesta terça-feira (4).

    Segundo a polícia, os devotos organizaram a procissão por acreditar que oferecer orações no templo de Baliyadev, em Sanand, os ajudaria a livrar o local da doença.

    "Depois que a polícia ficou sabendo da situação, uma equipe foi enviada para fazer as devotas entenderem sobre as restrições da COVID-19 e mandá-las de volta para suas casas. Também prendemos 23 pessoas. Multamos e prendemos o sarpanch (líder) da vila", disse o superintendente da polícia de Ahmedabad, Virendra Yadav, ao site The Indian Express.
    Tema:
    Mundo vs. pandemia do coronavírus no início de maio de 2021 (63)

    Mais:

    'Próximo século pertence à Ásia', diz parlamentar iraniano aos EUA após acordo Irã-China
    Secretário do Interior australiano adverte sobre 'tambores de guerra' na região da Ásia-Pacífico
    Ao menos 18 morrem após incêndio em hospital em Bharuch, na Índia (FOTOS)
    Tags:
    restrições, polícia, pandemia, novo coronavírus, COVID-19, Índia, religião, procissão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar