13:24 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    147
    Nos siga no

    O primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, anunciou nesta quarta-feira (28) que investirá A$ 747 milhões (US$ 580 milhões, ou R$ 3,2 bilhões) para renovação de quatro bases militares no norte australiano, bem como para reforço dos jogos de guerra com os EUA.

    O anúncio surge em meio à escalada de tensões entre Austrália e China. Para Morrison, Austrália deve expandir suas capacidades militares para estar pronta para responder a tensões indeterminadas – sem se referir ao gigante asiático – na região da Ásia-Pacífico.

    "Nosso objetivo é um Indo-Pacífico livre e aberto, para assegurar a paz na região e, ao mesmo tempo, sempre proteger os interesses da Austrália", afirmou Morrison a repórteres em Darwin, citado pela agência Reuters.

    O primeiro-ministro australiano explicou que uma pista de pouso e decolagem no Território do Norte será estendida para suportar aeronaves maiores, os estandes de tiros serão revisados, e novas instalações de treinamento serão preparadas para receber pessoal da defesa e fuzileiros norte-americanos.

    Se tudo correr como planejado, as modernizações militares começarão neste ano e deverão ser concluídas em 2026.

    O financiamento para este importante projeto vem do Plano de Defesa da Austrália, que deverá investir cerca de US$ 270 bilhões (aproximadamente R$ 1,5 trilhão) na próxima década para que Camberra melhore suas capacidades de ataques a longas distâncias.

    Washington, por sua vez, mostra-se favorável à decisão australiana, considerando que ambos os países realizam jogos militares em conjunto duas vezes por ano.

    Neste ano, o próximo jogo de guerra entre Austrália e EUA ocorrerá em agosto, sendo que, geralmente, mais de 30 mil soldados tendem a participar dos exercícios.

    Mais:

    França ultrapassa EUA como aliada mais confiável da Índia no Indo-Pacífico, diz jornal
    China acusa EUA e Japão de fomentarem divisão no Indo-Pacífico buscando criar frente unida
    Premiê da Austrália Ocidental chama viagens para exterior por funerais de 'não essenciais'
    Tags:
    Austrália, EUA, China, Indo-Pacífico, Ásia-Pacífico, jogos militares
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar