01:12 27 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 17
    Nos siga no

    O ataque com faca aconteceu em um jardim de infância da região autônoma chinesa de Guangxi, sendo que um suspeito da atrocidade já foi capturado.

    Segundo reportou a Televisão Central da China (CCTV, na sigla em inglês) nesta quarta-feira (28), o ataque ocorreu a umas 14h00 (01h00, no horário de Brasília), tendo o agressor deixado 16 crianças, das quais duas se encontram em estado grave, e dois educadores de infância feridos.

    Após deter o suspeito, a polícia o identificou como sendo um morador de 24 anos da cidade de Beiliu, parte de Guangxi.

    Suspeito de atacar crianças com faca em Beilu, na China, foi detido

    De acordo com veículos de imprensa chineses, a polícia informou que o suspeito sofre de doença mental e acabou não revelando a identidade dele.

    Contudo, este ataque não é único nem raro na China. Nos últimos anos, o gigante asiático tem enfrentado em escolas e jardins de infância ataques de natureza semelhante.

    No ano passado, também em Guangxi, um segurança escolar esfaqueou 39 pessoas dentro do estabelecimento de ensino, tanto crianças como funcionários. Em 2018, uma mulher armada com uma faca de cozinha feriu 14 menores de idade na cidade de Chongqing.

    Mais:

    VÍDEO mostra míssil supersônico chinês atingindo navio-alvo no mar
    Baleada na cabeça, criança de 8 anos morre no Rio de Janeiro após dias internada
    Colisão de embarcações provoca vazamento de petróleo na China
    Tags:
    China, ataque, esfaqueamento, jardim de infância, captura
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar