09:47 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1254
    Nos siga no

    O porta-aviões chinês Liaoning e cinco outras embarcações atravessaram o importante corredor marítimo entre o Japão e o oceano Pacífico, informou o Ministério da Defesa do Japão no domingo (4).

    O grupo de navios foi avistado pelas 8h00 deste sábado (20h00 de sexta-feira no horário de Brasília) a cerca de 470 quilômetros das ilhas Danjo, prefeitura de Nagasaki. O porta-aviões e seu grupo de ataque atravessaram o estreito de Miyako, uma passagem de 250 quilômetros entre as ilhas japonesas de Okinawa e Miyako, informa a Nikkei Asia.

    O grupo de ataque era composto por um destróier Renhai de mísseis de classe furtiva, dois destróieres de mísseis Luyang de classe III, uma fragata Jiangkai II multiusos e um navio de apoio de combate rápido de classe Fuyu.

    O ministério informou ainda que uma aeronave de transporte militar chinesa Y-9 também teria sobrevoado o estreito de Miyako no domingo (4), e que o Japão acionou um caça para responder à intrusão.

    Porta-aviões chinês Liaoning realizando exercícios no mar do Sul da China acompanhado por fragatas e submarinos (foto de arquivo)
    © AP Photo / Li Gang/Xinhua
    Porta-aviões chinês Liaoning realizando exercícios no mar do Sul da China acompanhado por fragatas e submarinos (foto de arquivo)
    Segundo a mídia, estes movimentos da China têm se tornado mais visíveis e frequentes como resposta à intensificação da cooperação entre a Marinha dos EUA e os países do grupo Quad – Japão, Índia e Austrália – no Indo-Pacífico.

    O Comando do Indo-Pacífico americano enfatizou a intensificação das operações conjuntas em vários domínios – em terra, no mar, no ar e no ciberespaço – e a inclusão da Força Aérea da Índia em exercícios avançados.

    Mais:

    Perturbando paz e estabilidade: Coreia do Norte denuncia desenvolvimento militar do Japão
    Navios chineses entram nas águas das ilhas Senkaku, diz mídia do Japão
    França ultrapassa EUA como aliada mais confiável da Índia no Indo-Pacífico, diz jornal
    Tags:
    Indo-Pacífico, tensão geopolítica, Estreito de Miyako, Japão, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar