16:16 14 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    855
    Nos siga no

    Desnuclearização permanecerá no centro da política norte-americana sobre a Coreia do Norte e qualquer abordagem a Pyongyang deve ser realizada em 'sintonia' com os aliados, incluindo Japão e Coreia do Sul, revelou o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA.

    Na quinta-feira (1º), o porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price, fez comentários durante seu briefing regular antes de uma reunião entre o conselheiro de Segurança Nacional norte-americana, Jake Sullivan, e seus homólogos do Japão e da Coreia do Sul, enquanto a administração do presidente Joe Biden conclui a revisão de sua política em relação à Coreia do Norte.

    "Não gostaria de antecipar conclusões de qualquer revisão em curso, mas podemos afirmar que desnuclearização permanecerá no centro da política norte-americana sobre a Coreia do Norte", afirmou Price, citado pela agência Reuters.

    Além disso, o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA declarou que qualquer atitude em relação a Pyongyang deve estar acordada com os aliados.

    "Também sabemos que qualquer abordagem à Coreia do Norte, para ser eficaz, será aquela que realizaremos em sintonia com nossos aliados próximos, incluindo, neste caso, nossos aliados do tratado, o Japão e a Coreia do Sul", segundo Price.

    O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA se encontrará com seu homólogo japonês, Shigeru Kitamura, e o sul-coreano, Suh Hoon, na Academia Naval dos Estados Unidos em Annapolis nesta sexta-feira (2).

    Price disse que a reunião seria uma oportunidade de compartilhar "onde estamos em termos de nossa revisão" e para eles compartilharem suas perspectivas.

    Anteriormente, em 25 de março, Joe Biden disse durante sua primeira entrevista coletiva desde que assumiu o cargo que está disposto a fazer "alguma forma de diplomacia" com a Coreia do Norte. No entanto, Biden adicionou "responder de acordo" no caso de Pyongyang escolher agravar a situação. Nesta segunda-feira (29), a Casa Branca informou que Biden não pretende encontrar-se com o líder norte-coreano Kim Jong-un.

    Mais:

    Mais pressão sobre Biden? FOTOS de satélite sugerem nova atividade nuclear da Coreia do Norte
    Coreia do Norte tem 12 embaixadas estrangeiras fechadas, inclusive missão diplomática do Brasil
    Países do Conselho de Segurança da ONU estão em alerta com testes de mísseis da Coreia do Norte
    Coreia do Sul em alerta após relatos de atividades em estaleiro de submarinos na Coreia do Norte
    Tags:
    Departamento de Estado, Joe Biden, Japão, Coreia do Sul, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar