02:24 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    2112
    Nos siga no

    Pequim e Tóquio têm disputas sobre a questão das ilhas há tempos, e manter o status quo seria bom para os dois países, mas constantes incursões chinesas abalam a diplomacia entre os dois países.

    Na manhã desta segunda-feira (29), duas embarcações chinesas entraram em águas territoriais do Japão nas ilhas Senkaku, no mar da China Oriental, segundo a NHK. Essa seria a décima primeira vez que a Marinha da China entra em águas japonesas em 2021.

    Os navios teriam invadido as águas perto da ilha de Minamikojima, um pouco depois das 04h00 da manhã (16h00 no horário de Brasília). Autoridades disseram que os dois navios estavam entre os três do governo chinês vistos anteriormente navegando em zona contígua, segundo a mídia.

    Também foi relatado que os dois navios estavam se aproximando de dois barcos pesqueiros japoneses, e que navios-patrulha japoneses foram enviados para acompanhar os barcos pesqueiros e garantir sua segurança.

    Guarda Costeira japonesa usa canhões de água em disputa territorial nas ilhas Senkaku
    © AFP 2021 / YOMIURI SHIMBUN
    Guarda Costeira japonesa usa canhões de água em disputa territorial nas ilhas Senkaku

    O Japão controla as ilhas, mas a China e Taiwan as reivindicam. O governo japonês afirma que as ilhas são uma parte inerente do território do Japão, em termos de história e direito internacional, e que não há nenhuma questão de soberania a ser resolvida sobre elas.

    Mais:

    Japão vai implantar mais sistemas de guerra eletrônica para enfrentar China
    Relação entre China e Japão fica estremecida por situação envolvendo território das ilhas Senkaku
    EUA e Japão rotulam comportamento da China de 'inconsistente com ordem internacional existente'
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar