12:54 23 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    COVID-19 no mundo no final de março de 2021 (98)
    0 71
    Nos siga no

    Na Índia, foi encontrada uma nova variante 'dupla mutante' da COVID-19, originada de duas mutações. No entanto, o Ministério da Saúde ainda não confirmou a relação entre esta cepa e o aumento de casos no país.

    Autoridades da Saúde indianas informaram ter detectado a nova variante dupla da COVID-19 no país, além das cepas britânica, sul-africana e brasileira, que levaram ao aumento de casos nas últimas semanas.

    A rede de dez laboratórios governamentais que analisa milhares de amostras diariamente detectou a nova variante entre 15% e 20% de amostras coletadas no estado de Maharashtra, o segundo estado mais populoso do país.

    "A análise de amostras de Maharashtra mostrou que, comparada a dezembro de 2020, a parte de amostras com mutações E484Q e L452R aumentou. Tais mutações conferem a fuga imune e a infecciosidade aumentada", de acordo com o comunicado do Ministério da Saúde da Índia.

    A variante dupla, de mutações E484Q e L452R, foi descoberta pela primeira vez em amostras colhidas em dezembro de 2020, segundo os oficiais indianos.

    ​O sequenciamento do genoma pelo INSACOG mostra variantes preocupantes e uma nova variante na Índia.

    As autoridades da Saúde indianas recomendaram aumentar a quantidade de testes, melhorar o rastreamento de contatos e isolar rapidamente aqueles que testaram positivo para o coronavírus, na tentativa de enfrentar com sucesso a nova mutação.

    Os oficiais da Índia adicionaram que a nova variante "não foi detectada com um número suficiente para se estabelecer relação direta ou explicar o rápido crescimento dos casos em alguns estados".

    Além disso, os laboratórios identificaram mais 771 outras "variantes de preocupação" em mais de dez mil amostras analisadas nos laboratórios governamentais. A maioria detectada pertencia às cepas britânica e sul-africana, e um caso de mutação da cepa brasileira.

    Tema:
    COVID-19 no mundo no final de março de 2021 (98)

    Mais:

    Taiwan ajudará aliados a comprar vacinas contra COVID-19, menos da China, diz mídia
    Butantan conclui envio de documentos à Anvisa para testar soro anti-COVID-19 em humanos
    Carvativir: como é antiviral 'profilático e terapêutico' que Venezuela usa para combater COVID-19?
    China afirma que sanções dos EUA facilitaram a disseminação de COVID-19 no mundo
    Uso de cloroquina para tratamento da COVID-19 deve ser banido, diz Associação Médica Brasileira
    Tags:
    novo coronavírus, Índia, vírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar