09:56 13 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    COVID-19 no mundo no final de março de 2021 (98)
    0 50
    Nos siga no

    Hong Kong suspendeu temporariamente a utilização de dois lotes do imunizante da Pfizer/BioNTech na vacinação contra a COVID-19 devido a embalagens defeituosas.

    De acordo com a agência Reuters, o governo de Hong Kong informou nesta quarta-feira (24) que recebeu uma notificação da Fosun Pharma Industrial, que distribui a vacina Pfizer/BioNTech na ex-colônia britânica e em Macau, de que foram detectados defeitos nas embalagens em um lote de vacina - o de número 210102 - relacionados com a vedação dos vasilhames.

    Contudo, o governo do território autônomo chinês acrescentou que "a BioNTech e a Fosun Pharma não encontraram nenhuma razão para acreditar que a segurança do produto esteja em risco".

    Ainda não está claro quantas doses teriam sido afetadas, mas o governo ressaltou que o uso do lote 210102 seria suspenso, assim como o de outro lote, o de número 210104, até segundo aviso.

    Nesta quarta-feira (24), diversos locais de vacinação de Hong Kong foram instruídos pelas autoridades a pararem de usar a vacina Pfizer/BioNTech. Hong Kong começou a vacinar seus moradores com doses da CoronaVac, do laboratório chinês Sinovac, em fevereiro, e passou a também oferecer o imunizante da Pfizer/BioNTech em março.

    O Departamento de Saúde de Macau também informou hoje (24) que estava interrompendo a vacinação com o imunizante da Pfizer/BioNTech pelo mesmo problema.

    Tema:
    COVID-19 no mundo no final de março de 2021 (98)

    Mais:

    Pfizer e BioNTech afirmam que sua vacina é 94% eficaz contra infecções assintomáticas
    Quase 5.000 pessoas se inscrevem em Hong Kong para tirar visto de cidadania do Reino Unido
    China vai 'resolutamente' conter a interferência estrangeira em Hong Kong e Macau
    Tags:
    vacina, COVID-19, Pfizer, Macau, Hong Kong
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar