00:45 19 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0160
    Nos siga no

    O novo plano quinquenal da China contempla a construção da Rota da Seda Polar e a participação ativa do país no desenvolvimento de rotas comerciais das regiões árticas e antárticas.

    "[A China] participará de uma cooperação pragmática no Polo Norte e elevará sua capacidade para participar da proteção e utilização do Polo Sul", indica o plano.

    Segundo a Reuters, a China está procurando recursos minerais lucrativos, bem como novas rotas de navegação alternativas nas regiões árticas, à medida que as calotas polares retrocedem como resultado do aquecimento global.

    A denominada Rota da Seda Polar consiste na exploração do Ártico com o objetivo de encontrar novas rotas para facilitar o comércio entre as regiões da Ásia, Europa e América.

    Em 2018, a China publicou um livro branco, onde ressalta o plano de criar novas rotas de transporte unindo a Ásia e Europa através das passagens nordeste, noroeste e central do Ártico, levantando preocupações sobre o frágil ambiente da região.

    Mais:

    Que consequências geopolíticas teria construção de cabo submarino entre China, Europa e África?
    China vai 'resolutamente' conter a interferência estrangeira em Hong Kong e Macau
    Abaixa a calça! China exige teste anal de COVID-19 de viajantes internacionais, diz The Times
    Tags:
    China, Rota da Seda Polar, Rota da Seda, Nova Rota da Seda, Ártico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar