12:52 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    Uma delicada operação de resgate foi realizada depois que um tubarão emaranhado em uma corrente foi avistado em um canal da costa dourada australiana.

    O tubarão-cabeça-chata foi visto em apuros em um canal, conhecido como Biggera Waters, na região da costa dourada, na Austrália, neste fim de semana. Uma equipe do Sea World Australia foi acionada para o resgate.

    Os especialistas em vida marinha levaram ferramentas de desenroscar baleias para remover a corrente da barbatana dorsal do peixe. Após algumas tentativas de apanhar o tubarão para enfim salvá-lo das correntes, os profissionais conseguiram concluir a operação de resgate, apesar de não saber como o tubarão-cabeça-chata ficou preso na corrente.

    A veterinária-chefe do Sea World, dra. Claire Madden, disse ao canal 9 News que o animal não teve ferimentos graves.

    "Nós seguimos o tubarão por um bom tempo depois de libertarmos daquela corrente, e posso relatar que foram apenas feridas superficiais", confirmou.

    A espécie, que vive em profundidades de 30 metros, também é encontrada no Brasil, principalmente no Recife. Os tubarões-cabeça-chata são também o ser vivo com maior índice de testosterona do planeta, e até as fêmeas apresentam-no em nível elevado. São muito territorialistas e constantemente atacam outros seres marinhos, mesmo maiores que ele.

    Mais:

    VÍDEO flagra momento brutal de tubarão perseguindo e devorando arraia na Austrália
    Predador brilhante: cientistas descobrem maior tubarão que emite luz (FOTOS)
    Gigante: tubarão de quase 400 kg trava luta de 45 min com pescadores, mas acaba cedendo (FOTO)
    Tags:
    preso, canal, Austrália, resgate, tubarão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar