13:40 16 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 51
    Nos siga no

    Kim Jong-un defendeu disciplina mais dura dentro do Exército Popular da Coreia, tendo, para atingir maior rigidez, nomeando novos chefes para Marinha e Força Aérea durante reunião da Comissão Militar Central, informou mídia estatal nesta quinta-feira (25).

    O encontro teve lugar na sede do Partido dos Trabalhadores da Coreia governante nesta quarta-feira (24).

    "A reunião se referiu a uma série de deficiências reveladas nas atividades militares e políticas e na vida moral de oficiais comandantes do Exército Popular da Coreia, e principalmente discutiu o assunto de estabelecimento próprio da disciplina moral revolucionária dentro do EPC", reportou a agência de notícias estatal norte-coreana KCNA.

    O líder norte-coreano, Kim Jong-un, afirmou que a disciplina é vital para a existência do EPC, apontando à necessidade de fortalecer "educação e controle" a fim de assegurar que oficiais comandantes tenham apropriada consciência política e convicções morais.

    Além disso, a Comissão Militar Central nomeou novos comandantes para a Marinha e para a Força Aérea e Antiaérea. De acordo com mídia norte-coreana, os nomeados não são conhecidos e podem ser considerados "novos rostos".

    Soldado do Exército da Coreia do Norte
    © AP Photo / Wong Maye-E, File
    Soldado do Exército da Coreia do Norte

    Várias dezenas de comandantes foram promovidas a tenente-general ou major-general. A agência de notícias ressalta que estas promoções foram dadas para comandantes jovens, em vez da liderança militar "madura", o que pode ser "uma mudança de geração" a fim de erradicar corrupção no Exército e melhorar disciplina e estado do espírito.

    Supõe-se que a remodelação da Força Aérea e da Marinha está relacionada com o fortalecimento da segurança nas fronteiras após o incidente de 2020, quando um oficial de pesca sul-coreano foi encontrado nas águas da Coreia do Norte e foi morto a tiro por um militar.

    Mais:

    Kim Jong-un poderia estar planejando lançar míssil de 'boas-vindas' à administração Biden
    Irmã de Kim Jong-un fica fora do Politburo da Coreia do Norte, levantando dúvidas sobre seu status
    Em meio a pandemia e sanções dos EUA, Kim Jong-un diz estar enfrentando piores dificuldades de todas
    Tags:
    Marinha, Exército, Kim Jong-un, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar