02:37 09 Março 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    215
    Nos siga no

    A prefeitura de Fukushima, no Japão, recentemente sofreu um terremoto de magnitude 7,3 no final da semana passada. Segundo relatos, parte da água radioativa foi expelida de armazéns.

    Pela primeira vez em dois anos, peixes radioativos foram capturados das águas da prefeitura de Fukushima, que ainda está sofrendo as consequências do desastre na usina nuclear (NPP, na sigla em inglês) Fukushima I de 2011, reportou o canal nacional NHK TV na segunda-feira (23), citando informações provenientes da associação pesqueira da prefeitura japonesa.

    De acordo com a emissora, testes de laboratório feitos em peixes robalos mostraram que o nível de césio radioativo estaria cinco vezes mais alto do que os níveis permitidos. Consequentemente, os pescadores locais suspenderam suas atividades nas águas.

    Anteriormente, a operadora da NPP, Tokyo Electric Power Co., teria reportado que os níveis de água refrigerada estavam baixando, e pouco depois da catástrofe natural, uma pequena quantidade de água contaminada com radiação teria sido expelida dos armazéns da NPP de Fukushima.

    Usina nuclear de Fukushima Daiichi na cidade de Okuma, prefeitura de Fukushima, após o forte terremoto deste sábado (13) no nordeste do Japão
    © REUTERS / Kyodo
    Usina nuclear de Fukushima Daiichi na cidade de Okuma, prefeitura de Fukushima, após o forte terremoto deste sábado (13) no nordeste do Japão
    Devido à semelhante situação ocorrida em 2011, pescarias foram proibidas até o ano de 2017. No ano passado, cooperativas pesqueiras se revoltaram com o governo japonês ponderar a largada da água radioativa utilizada para resfriar os reatores da usina nuclear, o que, no fim das contas, poderia aumentar ainda mais a quantidade de desperdício radioativo na área.

    Mesmo que as autoridades afirmem que tal ação seja segura para a saúde humana, os pescadores de Fukushima temem que os seus clientes percam a confiança dos seus produtos marinhos.

    Mais:

    Irã e AIEA chegam a acordo para não interromper atividades de controle nuclear
    Fóssil de amonite pré-histórico em forma de 'casquinha de sorvete' é encontrado no Japão (FOTO)
    Japão aprova vacina da Pfizer faltando 5 meses para os Jogos Olímpicos
    Tags:
    contaminação, radiação, usina nuclear, Japão, Fukushima
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar