06:57 28 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 17
    Nos siga no

    À primeira vista, parecia um caso comum de panleucopenia felina – doença viral que, geralmente, ataca gatos e outros felinos – que teria ceifado as vidas de dois filhotes de tigre branco de 11 semanas no zoológico de Lahore, no Paquistão.

    Em 30 de janeiro, a sua morte foi declarada e atribuída ao que parecia ser um vírus respiratório. Após as autópsias das duas crias, os patologistas do zoológico paquistanês concluíram que os pequenos tigres teriam sido vítimas da COVID-19, tendo o vírus, provavelmente, sido passado para elas através dos trabalhadores do local, segundo o The Washington Post.

    Os zoológicos são locais de risco, uma vez que o distanciamento se torna mais complicado por os animais estarem em cativeiro, removidos de seu meio natural, em contato frequente com seus tratadores.

    Os zoológicos do Paquistão, por sua vez, são conhecidos por seus vários casos de falta de condições para abrigarem animais, tendo sido alvo de campanhas pelos direitos dos animais. O zoológico de Lahore, nos últimos anos, já teve vários casos de mortes de chimpanzés, tigres de Bengala e ursos devido a doenças apanhadas no local, enquanto outros animais mostrariam sinais de doença mental severa, informa a mídia estadunidense.

    "No que toca a vírus respiratórios altamente contagiosos, é muito importante prestar atenção aos animais em cativeiro. […] Se o vírus retornar ao hospedeiro animal e sofrer mutações, ou mudar de tal forma que possa ser reintroduzido nos seres humanos, então os humanos não teriam mais essa imunidade. Isso me deixa muito preocupado", avisou Corey Casper, especialista em vacinas e chefe executivo do Instituto de Pesquisa de Doenças em Seattle, nos EUA, em conversa com a Rádio de Notícias Pública do Colorado em dezembro de 2020, citado pelo The Washington Post.

    Pelo mundo afora, outros felinos em cativeiro já teriam testado positivo desde o aparecimento da COVID-19. Atualmente, foi reportado que o vírus mortal foi detectado em vários mamíferos, o que dificulta os esforços de confinamento, bem como pode aumentar as chances de uma nova mutação.

    Mais:

    VÍDEO capta turistas levando maior susto da vida ao se depararem com tigre
    Turistas presos em carro na Índia observam tigre-de-bengala abocanhando jipe de safari (VÍDEO)
    Paquistão testa míssil balístico de maior alcance já produzido pelo país (VÍDEO)
    Tags:
    COVID-19, filhotes, tigre, Zoológico, Lahore, Paquistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar