15:01 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    4132
    Nos siga no

    Governo australiano trabalha em uma nova lei que deve governar as relações entre os meios de comunicação e as gigantes que dominam a Internet, entre as quais se destacam Google e Facebook.

    O Google anunciou nesta sexta-feira (22) que retiraria seu mecanismo de busca da Austrália se o país não modificar a lei que pretende forçar o gigante norte-americana da Internet a pagar os veículos de comunicação pelo conteúdo usado.

    Em dezembro do ano passado, o governo australiano apresentou ao parlamento um "código de conduta vinculante", que trata da suposta disparidade no processo de negociação entre as mídias e as plataformas digitais. Este projeto, um dos mais restritivos do mundo, prevê penalidades de milhões de dólares em caso de infração.

    "Se essa versão do código se tornar lei, não teremos escolha real a não ser parar de disponibilizar a busca do Google na Austrália", afirmou Melanie Silva, diretora-gerente do Google Austrália e Nova Zelândia, diante de uma comissão do Senado australiano, citada pela agência AFP.

    Em resposta, o primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison, disse que o governo não responderia ao que ele descreveu como "ameaças".

    Primeiro-ministro australiano Scott Morrison
    © AP Photo / Lukas Coch
    Primeiro-ministro australiano Scott Morrison
    "A Austrália é quem estabelece as regras do que pode ser feito na Austrália. É o nosso Parlamento que decide […]. Pessoas que desejam trabalhar dentro dessa estrutura na Austrália são bem-vindas. Mas não cedemos a ameaças", garantiu Morrison.

    Enquanto isso, o Facebook reiterou seu aviso anterior de que pode começar a bloquear o conteúdo de notícias na versão australiana da rede social por causa do novo código.

    Mais:

    Caíram aí também? YouTube, Gmail e mais serviços do Google saem do ar e geram memes
    Combate a 'um punhado de empresas', diz Google sobre novas leis da UE a gigantes tecnológicas
    EUA: estado do Texas processa Google por 'conduta anticompetitiva'
    Números de telefone do WhatsApp filtram-se nas buscas do Google, diz especialista
    Tags:
    mídias sociais, mídia, Austrália, mecanismo, Google
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar