00:06 16 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 221
    Nos siga no

    O empresário não é visto em público desde outubro, quando criticou a atividade dos reguladores financeiros chineses e se opôs à política governamental em relação às empresas de tecnologia.

    Os rumores sobre o desaparecimento do bilionário Jack Ma, fundador do Grupo Alibaba e um dos homens mais ricos da China, têm se espalhado pelas redes sociais chinesas, e chegaram às páginas da mídia mundial.

    "Bilionário Desaparece", "Onde está Jack Ma?" e "Jack Ma desapareceu?" foram algumas das manchetes em mídias como o Telegraph, Forbes, Financial Times, CNN, Fox Business, ABC News e outras.

    Como o canal ABC News observou, o bilionário não faz uma aparição pública há mais de dois meses. Sua última aparição parece ter sido em 31 de outubro, quando Jack Ma participou de um evento do Alibaba que foi transmitido ao vivo.

    O canal observa que ele teria perdido o grande final de seu próprio reality show, os Heróis de Negócios da África, apesar de seu papel como juiz chefe, um evento em que estava ansioso para participar.

    "Estão se espalhando rápida e amplamente rumores nas redes sociais chinesas sobre onde ele está, pois seu provável desaparecimento se seguiu a um discurso escandaloso que ele fez na cúpula de 24 de outubro", em que criticou os reguladores financeiros do país, escreveu o canal.

    A empresa fintech Ant Group, propriedade do Alibaba, tinha anunciado seus planos de reunir US$ 34,5 bilhões (R$ 186,8 bilhões) através de uma dupla oferta pública inicial (IPO) nas Bolsas de Hong Kong e Xangai, que se tornaria a maior oferta do mundo nas bolsas de valores. Entretanto, em 3 de novembro, as duas plataformas adiaram a abertura de capital da empresa, atribuída pela mídia ao discurso de 24 de outubro do fundador do Alibaba.

    Mais tarde, o jornal Wall Street Journal, citando fontes, escreveu que o empresário sugeriu transferir alguns dos ativos do Ant Group para o governo. Segundo a mídia, a oposição de Jack Ma à política em relação às empresas de tecnologia da China impediu que a proposta do empresário salvasse a IPO.

    Fontes no interior do governo chinês afirmam que o presidente chinês Xi Jinping ordenou "pessoalmente" aos reguladores chineses que examinassem os possíveis riscos associados ao Ant Group e encerrassem a IPO. Em dezembro, a Administração Estatal da China para Controle e Regulamentação de Mercado lançou uma investigação antitruste contra a Alibaba.

    O Grupo Alibaba é a maior empresa de Internet da China, e opera na área do comércio eletrônico desde 1999. O grupo também possui várias subsidiárias on-line: Alibaba Pictures, AliExpress, Taobao e Tmall.

    Mais:

    Alibaba fechará serviço de streaming de música Xiami em fevereiro
    Trump considera banir gigante chinês Alibaba nos Estados Unidos
    Bilionário chinês doa 2 milhões de máscaras para Europa
    Tags:
    The Wall Street Journal, Wall Street Journal, ABC News, ABC, Fox, CNN, Financial Times, Forbes, The Telegraph, Telegraph, Jack Ma, Alibaba, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar