15:55 18 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, disse neste sábado (12) que o país estava dobrando as fontes de energia limpa.

    Narendra Modi acredita que a Índia está a caminho de atingir as normas de emissões estabelecidas no Acordo de Paris, em 2015, sobre mudanças climáticas.

    O país é um dos principais emissores de gases de efeito estufa que levam ao aquecimento global. Porém, segundo Modi, há um projeto para garantir 450 gigawatts de capacidade de energia renovável até 2030. O discurso foi feito durante a Cúpula Global do Clima, escreve a Reuters.

    A capacidade de energia renovável alcançaria 175 gigawatts antes de 2022, disse ele.

    Energia eólica, um dos tipos de energia renovável
    © Sputnik / Elena Visens
    Energia eólica, um dos tipos de energia renovável

    Acordo de Paris

    O Acordo de Paris é um compromisso mundial sobre as alterações climáticas e prevê metas para a redução da emissão de gases do efeito estufa. Em 12 de dezembro de 2015, o acordo foi assinado após várias negociações, entrando em vigor em 4 de novembro de 2016. O Brasil assinou o Acordo de Paris em 2015, comprometendo-se a reduzir até 2025 suas emissões de gases de efeito estufa em até 37% (comparados aos níveis emitidos em 2005), estendendo essa meta para 43% até 2030.

    A Índia e as alterações climáticas

    Índia, Estados Unidos e China estão entre os países que registraram os maiores aumentos de emissões de gases de efeito estufa em 2019. Os três países recebem críticas dos ambientalistas devido ao crescente consumo de energia dominado por combustíveis fósseis.

    No último ano, as emissões aumentaram 6,3% na Índia, 3,4% nos EUA e 2,3% na China. A Índia, o terceiro emissor mundial de gases de efeito estufa, ratificou em outubro de 2016 o Acordo de Paris sobre o clima, estabelecido na COP 21.

    Na época, o fato ficou marcado pela escolha simbólica de Narendra Modi da data de 2 de outubro, aniversário de nascimento de Mahatma Gandhi, para assinatura do documento.

    Narendra Modi durante um encontro com Vladimir Putin em 24 de dezembro de 2015
    © Sputnik / Sergei Guneev
    Narendra Modi durante um encontro com Vladimir Putin em 24 de dezembro de 2015

    Mais:

    Índia testa com sucesso versão antinavio de míssil de cruzeiro BrahMos (VÍDEO)
    Índia inicia testes clínicos da vacina russa Sputnik V
    Marinha da Índia conduz testes do 1º porta-aviões do país (FOTOS)
    Enorme enxame de abelhas gruda em fuselagem de avião na Índia, atrasando o voo (VÍDEO)
    Tags:
    energia renovável, gases de efeito estufa, efeito estufa, Acordo de Paris, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar