01:38 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Conflito em Nagorno-Karabakh (28)
    92114
    Nos siga no

    Manifestantes em Erevan, capital da Armênia, que protestavam contra a decisão de cessar-fogo em Nagorno-Karabakh romperam os cordões policiais e invadiram o prédio do governo armênio na noite desta segunda-feira (9).

    De acordo com um correspondente da Sputnik, os manifestantes em Erevan desejam marchar até Casa do Governo Número 1, residência oficial de Nikol Pashinyan, premiê da Armênia.

    Supostas imagens do protesto surgiram nas redes sociais. De acordo com relatos, o prédio do governo está sendo controlado totalmente pelos manifestantes.

    Manifestantes invadem prédio do governo da Armênia

    Janelas foram quebradas no primeiro andar e sons de tiros foram ouvidos nas ruas em frente ao prédio do governo. Alguns manifestantes teriam invadido o escritório de Pashinyan.​

    Mais cedo, o premiê armênio declarou que foi assinado com a Rússia e o Azerbaijão um acordo de paz em Nagorno-Karabakh.

    De acordo com Pashinyan, o texto da declaração conjunta é extremamente doloroso para ele e para o povo armênio, mas a decisão tinha que ser tomada.

    Tema:
    Conflito em Nagorno-Karabakh (28)

    Mais:

    Pompeo receberá chanceleres de Armênia e Azerbaijão
    Armênia lança mísseis balísticos contra região ao norte do Azerbaijão, segundo Defesa azeri
    Irã realiza exercícios militares perto da fronteira com Armênia e Azerbaijão
    Armênia recorre a tratado de ajuda recíproca para receber assistência da Rússia em Nagorno-Karabakh
    Azerbaijão acusa Armênia de atacar suas tropas na fronteira entre os 2 países
    'A luta por Shusha continua', afirma o primeiro-ministro da Armênia
    Tags:
    Armênia, Nikol Pashinyan, manifestações, manifestantes, manifestação, protestos, Erevan, Nagorno-Karabakh
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar