18:41 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    41222
    Nos siga no

    Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, afirmou nesta terça-feira (27) que a Índia e os EUA estão cooperando para fazer frente a todas as ameaças, incluindo a China.

    EUA e Índia assinaram em Nova Deli, Índia, um pacto para compartilhar dados sensíveis de satélite e mapas nesta terça-feira (27), enquanto Pompeo alertou sobre a ameaça representada por uma China cada vez mais assertiva.

    "Grandes coisas estão acontecendo enquanto nossas democracias se alinham para proteger melhor os cidadãos dos dois países e, na verdade, do mundo livre", declarou Pompeo a repórteres após reunião com o ministro das Relações Exteriores da Índia, Subrahmanyam Jaishankar, e o ministro da Defesa indiano, Rajnath Singh, relata a agência Reuters.

    "Nossos líderes e cidadãos veem com clareza cada vez maior que o Partido Comunista Chinês não é amigo da democracia, do estado de direito, da transparência, nem da liberdade de navegação, a base de um Indo-Pacífico livre, aberto e próspero", acrescentou o secretário de Estado norte-americano.

    Mike Pompeo, secretário de Estado dos EUA, fala durante reunião com o príncipe Faisal bin Farhan al Saud, ministro das Relações Exteriores da Arábia Saudita, no Departamento de Estado, Washington, EUA, 14 de outubro de 2020
    © REUTERS / Manuel Balce Ceneta
    Mike Pompeo, secretário de Estado dos EUA

    Mentalidade de Guerra Fria

    "Instamos Pompeo a abandonar sua mentalidade de Guerra Fria, mentalidade de soma zero, e parar de insistir na 'ameaça chinesa'", afirmou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin, citado pela mídia.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, tornou o fato de ser duro com a China uma parte fundamental de sua campanha para garantir um segundo mandato na eleição presidencial da próxima semana, em 3 de novembro, e Pompeo tem tentado fortalecer laços com aliados para conter a crescente influência da China na região.

    Novo pacto EUA-Índia

    O Acordo Básico de Intercâmbio e Cooperação em Cooperação Geoespacial (BECA, na sigla em inglês) é um novo pacto de defesa entre EUA e Índia que representa um "marco significativo" e promoverá a cooperação entre os militares dos dois países, explicou Mark Esper, secretário de Defesa dos EUA, em entrevista coletiva.

    O pacto dará à Índia acesso a uma série de dados topográficos, náuticos e aeronáuticos considerados vitais para a seleção de mísseis e drones armados.

    Os EUA planejam vender mais aviões de combate e drones para a Índia e o pacto vai permitir Washington fornecer ajuda avançada à navegação em aeronaves fornecidas pelos EUA para a Índia, disse uma fonte da Defesa indiana à Reuters.

    O diálogo estratégico entre os EUA e a Índia ocorre em um momento de grande tensão na região, com tropas indianas enfrentando forças chinesas na disputada fronteira do Himalaia.

    Mais:

    Perda do apoio de militares não prejudica negociações de Bolsonaro com o Congresso, afirma analista
    Despesas militares de 2% do PIB são agora 'padrão ouro' para membros e aliados da OTAN, dizem EUA
    Irã realiza exercícios militares perto da fronteira com Armênia e Azerbaijão
    Exercício militar no mar da China Oriental deve 'demonstrar a força da aliança Japão-EUA' (FOTOS)
    Tags:
    Mike Pompeo, EUA, China, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar