16:24 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    171
    Nos siga no

    Nesta segunda-feira (5), manifestantes invadiram a Casa Branca do Quirguistão, onde estão sediados o Parlamento da República e o gabinete presidencial, segundo informou um correspondente da Sputnik Quirguistão.

    Na capital do país, Bishkek, manifestantes apoiadores de partidos não eleitos ao parlamento quirguiz usaram um caminhão para derrubar o portão e invadir o local nesta segunda-feira (5). De acordo com testemunhas oculares, um comboio de carros deixou o prédio do Parlamento alguns minutos antes, conforme relatou um correspondente da Sputnik Quirguistão.

    Os manifestantes da oposição se reuniram mais cedo na Praça Ala-Too, em Bishkek, para apoiar os partidos políticos que não conseguiram ganhar assentos após as eleições parlamentares do Quirguistão.

    Em Bishkek, capital do Quirguistão, policiais enfrentam manifestantes contrários aos resultados das eleições parlamentares no país, em 5 de outubro de 2020
    © Sputnik / Tabyldy Kadyrbekov
    Em Bishkek, capital do Quirguistão, policiais enfrentam manifestantes contrários aos resultados das eleições parlamentares no país, em 5 de outubro de 2020

    Ao longo da noite anterior, foram registrados confrontos com policiais e explosões foram ouvidas nas proximidades da Casa Branca quirguiz. Os confrontos duraram cerca de cinco horas. Ainda segundo o correspondente da Sputnik, milhares de manifestantes de oposição foram às ruas contra os resultados da eleição. De acordo com o Ministério da Saúde do país, mais de 120 pessoas já ficaram feridas nos confrontos.

    Em Bishkek, capital do Quirguistão, milhares de manifestantes protestam contra os resultados das eleições parlamentares no país, em 5 de outubro de 2020
    © Sputnik / Tabyldy Kadyrbekov
    Em Bishkek, capital do Quirguistão, milhares de manifestantes protestam contra os resultados das eleições parlamentares no país, em 5 de outubro de 2020

    Na manhã desta segunda-feira (5), Adilet Sultanaliev, porta-voz do partido favorito nas eleições, o Birimdik, disse que a organização política está pronta para repetir a eleição, se necessário.

    De acordo com os resultados preliminares da Comissão Eleitoral Central do Quirguistão, apenas quatro partidos políticos ultrapassaram a marca de 7% de votos necessária para ganhar assentos no Parlamento do país.

    Em Bishkek, capital do Quirguistão, manifestantes balançam bandeiras do país durante protesto contra os resultados das eleições parlamentares no país, em 5 de outubro de 2020
    © Sputnik / Tabyldy Kadyrbekov
    Em Bishkek, capital do Quirguistão, manifestantes balançam bandeiras do país durante protesto contra os resultados das eleições parlamentares no país, em 5 de outubro de 2020

    Os partidos pró-governo, Birimdik e Mekenim, obtiveram, respectivamente, 24,5% e 23,9%, dos votos nas eleições realizadas no domingo (4), disse a comissão eleitoral local. O Partido do Quirguistão e o Butun Quirguistão foram os únicos outros grupos a ganhar assentos no Parlamento após alcançarem 8,7% e 7,1% dos votos, respectivamente, ainda de acordo com os resultados da comissão.

    Mais:

    Quirguistão elege novo primeiro-ministro
    Polícia usa canhão d'água e bombas de fumaça em protesto no Quirguistão (VÍDEO)
    Premiê do Quirguistão renuncia em meio a investigações de corrupção em seu governo
    Tags:
    Bishkek, Quirguistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar