04:10 20 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 84
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa do Azerbaijão declarou que os seus militares destruíram completamente um regimento de infantaria motorizada da Armênia em Nagorno-Karabakh.

    "Como resultado do bombardeio realizado pelo Exército do Azerbaijão, foi destruído o 3º regimento de infantaria motorizada do Exército armênio, posicionado na região de Khojavend. Em decorrência do ataque, o inimigo sofreu grandes perdas, os equipamentos foram destruídos e o regimento foi completamente eliminado. O comando do exército inimigo pediu veículos para transportar os mortos e feridos", afirmou o porta-voz do Ministério da Defesa do Azerbaijão, coronel Vagif Dyargahly.

    Por sua vez, o Ministério da Defesa da Armênia desmentiu a destruição de seu regimento na região de Nagorno-Karabakh.

    No dia 27 de setembro, o Ministério da Defesa do Azerbaijão afirmou que o Exército armênio tinha atacado assentamentos na linha de contato em Nagorno-Karabakh, resultando em mortes de civis e militares.

    De acordo com o ministério, a área "foi submetida a ataques aéreos e de mísseis". Erevan afirmou que Baku havia "lançado uma ofensiva" contra a república não reconhecida.

    Na manhã deste domingo (27) houve informações de disparos e bombardeios contra a região de Nagorno-Karabakh. As autoridades da região pediram para que a população se refugiasse. Logo depois, foram declaradas a lei marcial e a mobilização geral.

    As origens do atual confronto armado em Nagorno-Karabakh, uma região autônoma de maioria armênia que proclamou independência em 1991 da então República Socialista Soviética do Azerbaijão, remontam ao fim do século passado.

    O conflito nesta zona do Cáucaso do Sul começou em fevereiro de 1988, quando a região autônoma anunciou sua separação do Azerbaijão.

    Mais:

    Turquia afirma apoio ao Azerbaijão no conflito com Armênia em Nagorno-Karabakh
    VÍDEOS mostram escalada do conflito militar entre Armênia e Azerbaijão
    Armênia aponta probabilidade de conflito com Azerbaijão ir além da região
    Tags:
    guerra, conflito armado, conflito, Azerbaijão, Azerbaijão, Armênia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar