08:43 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    61633
    Nos siga no

    Base aérea de Taiwan revelou que a Força Aérea taiwanesa posicionou mísseis de cruzeiro ar-terra a uma distância de ataque capaz de atingir a região continental da China.

    No dia 22 de setembro, a presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, visitou a Base Aérea Makung, uma instalação da Força Aérea taiwanesa no arquipélago Penghu, localizado no estreito de Taiwan.

    Durante a visita, a presidente taiwanesa saudou diversos pilotos dos caças fabricados pelo país F-CK-1C/D, agradecendo o "desempenho heroico" em dissuadir diversas aeronaves chinesas que cruzaram a linha central sobre o estreito, informou o portal The Drive.

    Um vídeo da visita da presidente taiwanesa revelou imagens dos armamentos que estavam próximos ao hangar, incluindo diversos mísseis de cruzeiro Wan Chien, produzidos no país e transportados pelos caças da Força Aérea.

    Mísseis de cruzeiro Wan Chien desenvolvidos por Taiwan e mísseis antinavio AGM-84 Harpoon dos EUA em frente a caça F-CK-1C/D na Base Aérea Makung
    Mísseis de cruzeiro Wan Chien desenvolvidos por Taiwan e mísseis antinavio AGM-84 Harpoon dos EUA em frente a caça F-CK-1C/D na Base Aérea Makung

    Estes mísseis possuem um alcance de 240 quilômetros, sendo capazes de atingir o território continental chinês, segundo o Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS, na sigla em inglês).

    Ao lado dos Wan Chien, estavam os mísseis antinavio AGM-84 Harpoon, que os caças do país têm transportado durante as recentes patrulhas.

    A China declarou que Taiwan, também chamada de República da China, é uma província rebelde chinesa desde que a República Popular da China foi formada em 1949, quando o Exército Vermelho derrotou as forças republicanas na Guerra Civil chinesa.

    As tensões aumentaram drasticamente nos últimos meses entre Taipé e Pequim, e os exercícios chineses ocorreram na semana passada, depois que Pequim expressou discordância pelas visitas de altos funcionários dos EUA a Taipé.

    Mais:

    China acusa EUA de 'prejudicarem paz' no estreito de Taiwan com navio armado
    Destróier dos EUA atravessa estreito de Taiwan em meio a tensões com China (FOTOS)
    Destróier dos EUA transita pelo estreito de Taiwan pela 2ª vez em um mês (FOTOS)
    Tags:
    China, míssil de cruzeiro, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque, Estreito de Taiwan, Taiwan
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar