19:28 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    4444
    Nos siga no

    A aeronave de quinta geração, a única de seu tipo na Força Aérea da China, foi pilotada por um oficial "piloto júnior", saindo com "zero dano" do treinamento.

    Um oficial chinês foi capaz de "abater" 17 aviões alvos durante treinamento usando um caça furtivo avançado J-20, escreve o jornal The South China Morning Post citando PLA Daily, a publicação oficial do Exército de Libertação Popular da China (ELP).

    A aeronave de quinta geração se envolveu em combate com caças de quarta geração, que incluíam três J-16 (clones dos caças russos Su-30MKK), sofrendo "dano nulo" durante o treinamento.

    O piloto faz parte de um esquadrão de elite da Força Aérea da China, pertencente ao Comando do Teatro do Leste, que seria dos primeiros a participar de um eventual conflito militar com Taiwan. No entanto, com apenas 100 horas de voo no avião, o militar que o dirigiu é considerado um "piloto júnior".

    O avião de quinta geração J-20 foi desenvolvido na China, entrou em serviço em 2017 e até agora é o único caça furtivo pesado de superioridade aérea na Força Aérea do país asiático.

    Anteriormente, Taiwan encomendou a compra de 66 caças F-16V aos EUA, tendo assim uma das maiores frotas de aeronaves de quarta geração da região.

    Os EUA e a China têm se envolvido em diversos exercícios e manobras militares junto dos estreitos de Taiwan e da Coreia, em meio a tensões geopolíticas e comerciais. Apesar da falta de reconhecimento internacional de Taipé, Washington apoia Taiwan, que Pequim vê como parte de "uma só China".

    Mais:

    China inicia produção em massa de modernizado caça furtivo de 5ª geração
    Caça J-20 chinês tem muito para contrapor aos F-22 e F-35 dos EUA, diz mídia norte-americana
    Caças chineses contam com capacidades elevadas e são letais, segundo mídia
    China expande produção dos caças J-20 de 5ª geração, diz mídia
    Tags:
    Estreito de Taiwan, Taiwan, Força Aérea da China, South China Morning Post, Su-30, J-16, China, J-20
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar