15:03 20 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    292
    Nos siga no

    A agência de inteligência da Coreia do Sul aponta que Kim Yo-jong, a irmã do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, esteja atuando como sua "segunda em comando de fato".

    As informações foram publicadas pela agência Reuters, com base em declarações que um parlamentar sul-coreano deu nesta quinta-feira (20).

    Ha Tae-keung, que integra o comitê de inteligência do Parlamento da Coreia do Sul, disse que Kim Yo-jong está ajudando a administrar o país.

    "O ponto principal é que Kim Jong-un ainda detém o poder absoluto, mas cedeu um pouco mais de sua autoridade na comparação com o passado", afirmou.

    Ha ainda acrescentou que "Kim Yo-jong é uma segunda em comando de fato".

    Kim Yo-jong tem pouco mais de 30 anos e é a única parente próxima de Kim Jong-un com papel público na política.

    Ela foi vista durante a cúpula entre Kim Jong-un e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no Vietnã em 2019.

    Mais:

    Irmã de Kim Jong-un ameaça Coreia do Sul com ação militar e promete 'panorama trágico'
    'Perda de tempo': irmã não crê em novo encontro de Kim Jong-un com Trump
    Após promoção, irmã de Kim Jong-un está mais próxima de tomar o poder, diz especialista
    Kim Jong-un se cerca de pistolas para comemorar 67° aniversário do fim da Guerra da Coreia (FOTOS)
    Kim Jong-un ordena abate de cães domésticos por serem 'símbolo da decadência ocidental', diz mídia
    Tags:
    inteligência, Coreia do Sul, poder, Kim Jong-un, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar