01:51 01 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    41010
    Nos siga no

    Diante da escassez de carne em seu país, líder norte-coreano ordenou o confisco de cães domésticos, enquanto vê os mesmos como "símbolo da decadência ocidental", de acordo com mídia.

    A ordem teria sido emitida ainda em julho. Carne de cachorro goza de popularidade em algumas partes da China e da península coreana.

    Segundo reportou o tabloide The Sun, Kim vê a domesticação de cães como um hábito ocidental e uma "tendência contaminada pela ideologia burguesa".

    Fontes dentro do país teriam afirmado que alguns dos animais estão sendo confiscados e enviados para restaurantes.

    É válido ressaltar que enquanto animais como porcos são mantidos em rebanhos para consumo doméstico, cães são vistos como símbolos de status e são domesticados por oficiais de alta patente e a elite do país.

    Quando a entrega dos animais não é feita voluntariamente, os cães são confiscados a força, sendo parte dos animais levada também para zoológicos.

    A medida teria provocado a ira e preocupações de donos de cachorro, tendo alguns "amaldiçoado Kim Jong-un por suas costas", segundo fonte.

    Não é a primeira vez que é reportado o uso de carne de cachorro para consumo no país. Ainda em 2018, durante o calor do verão, o consumo da carne teria crescido na Coreia do Norte.

    Apesar da opinião negativa sobre a possessão de cachorros em condições domésticas, a prática teria se tornado popular entre a elite da Coreia do Norte após a realização do Festival Mundial da Juventude e Estudantes no país, em 1989.

    Mais:

    Nova Fukushima? FOTOS sugerem que enchente ameaça reator nuclear na Coreia do Norte
    Trump diz que se vencer eleições fará acordos com Irã e Coreia do Norte 'rapidamente'
    Coreia do Sul planeja criar 'Cúpula de Ferro' contra artilharia norte-coreana
    Tags:
    Coreia do Norte, restaurante, cão, cachorro, Kim Jong-un
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar