10:25 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    3916
    Nos siga no

    Washington enviou uma aeronave de vigilância para uma de suas bases aéreas no Japão, segundo dados de um portal de monitoramento, para conduzir possíveis missões perto da península coreana.

    Avião RC-135S Cobra Ball decolou da base da Força Aérea de Offutt, localizada no estado de Nebraska, EUA, tendo como destino a base norte-americana de Kadena, no Japão, segundo informou o portal de rastreamento Aircraft Spots sem fornecer detalhes sobre a hora do voo.

    No sábado (11), o mesmo portal avançou que uma aeronave de vigilância RC-135U Combat Sent dos EUA partiu da base de Kadena para uma missão no mar do Japão (também conhecido como mar do Leste), avança agência Yonhap.

    ​Avião da Força Aérea dos EUA RC-135S [...] partiu da base aérea de Offutt, no Nebraska, para a base de Kadena, em Okinawa [no Japão]. Um posicionamento curioso!

    Nos últimos meses, aviões de reconhecimento dos EUA têm sido frequentemente avistados perto da península coreana em meio ao aumento de tensões com a Coreia do Norte.

    Os voos foram realizados devido ao aumento das tensões por parte da Coreia do Norte, que ameaçou enviar tropas para a região fronteiriça e abolir o acordo intercoreano de redução das tensões como retaliação após o lançamento por Seul de 500.000 balões com panfletos anti-Pyongyang através da fronteira entre os dois países.

    Mais:

    Robô militar russo Marker será equipado com 'drones suicidas' de combate e reconhecimento
    Em 1º contrato na Europa, China exporta à Sérvia 9 drones de reconhecimento armados (VÍDEO)
    China conduz exercícios de defesa antiaérea em meio às missões de reconhecimento dos EUA (VÍDEO)
    Tags:
    Boeing RC-135, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Força Aérea dos EUA, península coreana, Japão, base aérea, avião de reconhecimento, tensão militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar