03:41 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    354
    Nos siga no

    A Força Aérea da Índia (IAF, na sigla em inglês) segue realizando exercícios com seus helicópteros Apache e caças MiG-29, além de outras aeronaves, em regiões estrategicamente importantes.

    Nesta terça-feira (7), um avião de transporte An-32 e um helicóptero Mi-17 da IAF pousaram na pista de Chinyalisour, em Uttarakhand, a aproximadamente 120 quilômetros da fronteira com a China.

    Rajnath Singh, ministro da Defesa, afirmou que a Organização das Estradas de Fronteira atualmente está trabalhando em 17 rodovias ao longo da região fronteiriça com a China, que poderiam ser utilizadas como pistas de pouso em situações de guerra.

    ​Assista a helicóptero Mi-17 da Força Aérea indiana (IAF) decolando da pista de Chinyalisaur, em Uttarakhand.

    Estas rodovias também contarão com depósitos de armas, luzes de pouso, combustível e equipamentos de combate a incêndio.

    Além disso, há outros 63 projetos rodoviários e três projetos ferroviários em andamento, de Arunachal Pradesh a Ladakh, que forneceriam um melhor acesso à fronteira chinesa.

    ​Assista a um avião de transporte An-32 da Força Aérea indiana (IAF) pousando na pista de Chinyalisaur, em Uttarakhand.

    A IAF também está conduzindo patrulhas aéreas noturnas na região leste de Ladakh, conforme a agência de notícias ANI.

    As operações noturnas incluem patrulhas de MiG-29, Su-30MKI, helicópteros de ataque Apache e helicópteros Chinook.

    ​Assista a caça MiG-29 da Força Aérea indiana (IAF) conduzindo operações noturnas a partir de base aérea próxima da fronteira com a China.

    "As operações noturnas têm inerente o elemento surpresa. A IAF está totalmente treinada e pronta para conduzir todo tipo de operações em qualquer ambiente, com a ajuda de plataformas modernas e pessoal motivado", afirmou o capitão de grupo e piloto sênior de caça A. Rathi.

    ​Assista a helicóptero de ataque Apache da Força Aérea indiana (IAF) conduzindo operações noturnas a partir da base aérea próxima da fronteira com a China.

    As tensões são frequentes entre os dois vizinhos e potências nucleares na zona montanhosa de fronteira, mas os recentes confrontos no oeste da cordilheira do Himalaia, que resultaram na morte de 20 militares indianos, foram os mais graves desde 1962.

    Mais:

    Após tensão na fronteira, Índia proíbe TikTok e dezenas de aplicativos chineses
    Índia implanta sistema de defesa aérea após detectar aviões de combate da China perto de Ladakh
    China envia lutadores de artes marciais e alpinistas para fronteira com Índia
    Tags:
    China, Índia, Força Aérea, fronteira, helicópteros, helicóptero, avião militar, avião
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar