00:25 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    163
    Nos siga no

    O Ministério das Relações Exteriores da China rejeitou as alegações de que Pequim perdeu dezenas de soldados em um recente conflito em um trecho disputado da fronteira com a Índia. O porta-voz da pasta disse que os dois países estão trabalhando para neutralizar as tensões.

    Zhao Lijian, representante do Ministério das Relações Exteriores da China, descreveu relatos sobre supostas pesadas perdas chinesas como "notícias falsas" durante uma coletiva de imprensa em Pequim.

    O diplomata aparentemente estava rebatendo a fala de V.K. Singh, ministro indiano de Estradas e Transportes, que declarou na semana passada que pelo menos 40 soldados chineses morreram durante um confronto no vale do Galima, no Himalaia.

    Falando nesta terça-feira (23), Zhao afirmou que Pequim está em contato com Nova Deli para acalmar as tensões. Um dia antes, ele disse a repórteres que "canais militares e diplomáticos" estão sendo usados ​​para lidar com o conflito.

    Os dois países estão em desacordo sobre a fronteira mal definida na região montanhosa conhecida como Ladakh Oriental na Índia, e Aksai Chin na China. A disputa se intensificou no início de junho, quando um confronto, o primeiro em décadas, eclodiu entre soldados que vigiavam os seus próprios lados da fronteira.

    Guardas de fronteira da China e da Índia
    © AFP 2020 / DIPTENDU DUTTA
    Guardas de fronteira da China e da Índia

    As Forças Armadas indianas confirmaram mais tarde que pelo menos 20 soldados morreram no confronto. Nova Deli acusou a China de tentar "mudar o status quo" na área disputada e tomar "ações premeditadas e planejadas" que levaram a "violência e baixas sofridas por ambos os lados", segundo o Ministério das Relações Exteriores da Índia.

    Pequim, que sustentou que foram os soldados indianos que provocaram seus colegas chineses no confronto, ainda não anunciou oficialmente suas próprias baixas.

    Mais:

    Índia planeja adquirir 33 caças russos sob diretiva de emergência em meio a tensões com China
    Ponte colapsa deixando 2 pessoas feridas na Índia próximo à fronteira com China (VÍDEO)
    Índia está tentando acelerar fornecimento de S-400 russos em meio à disputa com China, diz Bloomberg
    Tags:
    fake news, conflito, diplomacia, relações bilaterais, fronteira, China, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar