02:53 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Pandemia da COVID-19 no mundo no fim de junho (34)
    270
    Nos siga no

    Autoridades da Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmaram nesta segunda-feira (22) que muitos países que conseguiram ter sucesso no combate à COVID-19 estão vendo um aumento de casos desde que relaxaram as restrições ao isolamento social.

    Maria Van Kerkhove, epidemiologista e principal autoridade técnica da OMS para a pandemia, não fala em "segunda onda", mas faz um alerta para a volta do novo coronavírus e cita a Coreia do Sul.

    "Neste momento, há muitos países que tiveram sucesso em suprimir a transmissão e colocar a transmissão de pessoa para pessoa em um nível baixo que estão começando a ver um aumento de casos", disse, citada pela agência Reuters.

    A Coreia do Sul alertou nesta segunda-feira (22) que teme uma segunda onda do vírus após detectar surtos pequenos de infecções nos arredores de Seul, capital do país.

    Kerkhove fez um apelo para os países "darem tudo de si" para isolar casos e evitar a ocorrência de transmissão comunitária.

    "Qualquer oportunidade que o vírus tiver de se instalar, ele aproveitará", afirmou.

    Mike Ryan, o principal especialista em emergências da OMS, disse que os novos focos podem ter surgidos em clubes, abrigos e parques de diversões na Coreia do Sul, mas elogiou a abordagem do governo local.

    "Meu entendimento é que a grande maioria dos casos sendo detectados está ligada a focos existentes e reconhecidos, e sendo assim as autoridades sul-coreanas ainda têm grande visibilidade de onde o vírus está e da dinâmica dentro da qual as cadeias estão transmitindo", disse.

    Tema:
    Pandemia da COVID-19 no mundo no fim de junho (34)

    Mais:

    OMS elogia 'avanço' com novo medicamento para tratar COVID-19
    COVID-19: OMS anuncia interrupção de testes com hidroxicloroquina
    'Politizaram a pandemia': OMS alerta que crise da COVID-19 segue em aceleração
    Tags:
    pandemia, novo coronavírus, Organização Mundial da Saúde (OMS), Organização Mundial da Saúde, Coreia do Sul, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar