18:24 08 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Situação do mundo com COVID-19 em meados de junho (50)
    6284
    Nos siga no

    A China divulgou e transferiu à Organização Mundial da Saúde (OMS) os dados do genoma do coronavírus encontrado no mercado de Xinfadi, em Pequim, onde ocorreu um recente surto.

    O Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China (CDC, na sigla em inglês) publicou os dados de sequenciamento do genoma do coronavírus responsável por este surto, afirmando nesta sexta-feira (19) que identificaram uma cepa europeia com base em estudos preliminares.

    O sequenciamento do genoma foi publicado na quinta-feira (18) e também foi compartilhado com a Iniciativa Global sobre Compartilhamento de Todos os Dados sobre Influenza (GISAID), comunicou o centro chinês, cita a Reuters.

    "De acordo com resultados preliminares de estudos genômicos e epidemiológicos, o vírus é da Europa, mas é diferente do vírus que está se espalhando na Europa", disse Zhang Yong, oficial do CDC. "É mais antigo que o vírus que está se espalhando atualmente na Europa."

    Zhang disse haver várias possibilidades de como o vírus chegou à China.

    "Poderia ter sido escondido em produtos alimentícios congelados importados ou estava escondido em algum ambiente escuro e úmido, como Xinfadi, com o ambiente não sendo desinfetado ou esterilizado", complementou.

    Mercado de Xinfadi em meio à pandemia do coronavírus, em Pequim, China
    © REUTERS / Tingshu Wang
    Mercado de Xinfadi em meio à pandemia do coronavírus, em Pequim, China

    Detalhes publicados no site do Centro Nacional de Dados de Microbiologia revelaram que as informações do genoma de Pequim foram baseadas em três amostras – duas humanas e uma ambiental – coletadas em 11 de junho. Neste mesmo dia, a capital chinesa notificou sua primeira nova infecção local por COVID-19 em meses.

    Após o surto notificado, Pequim registrou um total de 183 casos, vinculados ao amplo centro de alimentos atacadistas de Xinfadi, no sudoeste da cidade.

    O sequenciamento do genoma do vírus é uma ferramenta vital e de rápido desenvolvimento no diagnóstico da COVID-19 e no entendimento da disseminação e controle do novo coronavírus.

    Tema:
    Situação do mundo com COVID-19 em meados de junho (50)

    Mais:

    China confirma 28 novos casos da COVID-19, sendo 21 em Pequim
    Poderia Pequim se tornar '2ª Wuhan' devido a novo surto da COVID-19?
    Pequim está em 'modo de emergência' após surto de coronavírus em mercado atacadista
    Tags:
    Organização Mundial da Saúde (OMS), COVID-19, China, novo coronavírus, mercado, Pequim
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar