00:09 12 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    2382
    Nos siga no

    Diversos mísseis teriam sido avistados sendo transportados em veículos de transporte e lançamento do tipo TEL (lançadores de transporte vertical), que elevam os mísseis para posição de disparo, na província de Pyongan Sul, no norte de Pyongyang.

    Autoridades norte-americanas anônimas, ligadas ao assunto, suspeitam que Pyongyang poderia ter até seis mísseis balísticos intercontinentais (ICBM, na sigla em inglês) e veículos para cada um dos mísseis, escreve The Korea Herald.

    O episódio ocorre pouco depois de Pyongyang cortar a comunicação com Seul, alegando que os sul-coreanos estavam trocando informações contra o país vizinho, conforme o portal.

    "A Coreia do Norte pode avançar com uma provocação militar em agosto, quando Seul e Washington realizarão exercícios conjuntos, ou em outubro, para marcar o 75º aniversário do Partido dos Trabalhadores", afirmou Shin Beom-chul, diretor do Centro de Diplomacia e Segurança do Instituto de Pesquisa da Coreia para Estratégia Nacional.

    Enquanto isso, as autoridades de Seul acreditam que o deslocamento poderia ser parte de uma preparação para o desfile militar que ocorre no dia 25 de junho, quando a Coreia do Norte celebra o aniversário da Guerra da Coreia.

    Mais:

    Coreia do Norte poderia integrar novo submarino em arsenal nuclear estratégico
    Coreia do Norte quebra mito sobre líderes negando que eles possam se teletransportar
    Coreia do Norte planeja aumentar dissuasão nuclear
    Tags:
    míssil balístico, míssil, eua, Coreia do Sul, Coreia do Norte, tensão política, tensão militar, tensão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar