02:51 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    2103
    Nos siga no

    Militares da Índia e da China implantaram tropas e armamentos em diversas áreas da chamada linha de controle real (LAC), fronteira que separa os dois países no leste da região montanhosa de Ladakh.

    Segundo a agência PTI, o exército chinês recentemente implantou aproximadamente 2.500 efetivos em Pangong Tso e no vale Galwan.

    "A força do exército indiano na área é muito superior ao do nosso adversário", afirmou um militar de alto escalão sob anonimato.

    O exército indiano estaria preocupado com a presença das tropas chinesas em diversos pontos-chave do vale Galwan, uma área que não é disputada pelos dois países.

    Os chineses instalaram aproximadamente 100 tendas em Galwan nas últimas duas semanas, além de equipamentos pesados para construção de bunkers.

    "Isto é sério. Não é um tipo de transgressão normal", comentou o ex-comandante do Exército Norte, tenente-general DS Honda.

    Um especialista em assuntos estratégicos, Ashok Kantha, observou que "ocorreram múltiplas incursões" por parte das tropas chinesas. "É algo que preocupa. Não é um confronto de rotina. Esta é uma situação preocupante", afirmou.

    A situação no leste de Ladakh se agravou depois que aproximadamente 250 soldados chineses e indianos se enfrentaram na noite de 5 de maio na zona de Pangong Tso, deixando mais de 100 feridos em ambos os lados, confronto que só cessou após uma reunião entre os líderes locais.

    Militares chineses, foto de arquivo
    © AFP 2020 / AAMIR QURESHI
    Militares chineses, foto de arquivo

    A China e a Índia disputam parte do território montanhoso do norte da região da Caxemira, além de aproximadamente 60.000 quilômetros quadrados no estado Arunachal Pradesh. A linha de controle real passa pela região de Ladakh.

    Em 1993 e 1996, a China e a Índia firmaram acordos sobre a manutenção da paz nas regiões disputadas.

    Em 2017, militares indianos e chineses mantiveram um tenso encontro em outra área tibetana, uma zona de importância estratégica para Nova Deli e disputada pela China e por Butão.

    Mais:

    Rompimento é detectado em placa tectônica gigante entre Índia e Austrália
    Índia e Bangladesh iniciam evacuação em massa devido a chegada de ciclone
    Azar tomando conta de 2020: pior praga de gafanhotos em 27 anos destrói safra na Índia (FOTO, VÍDEO)
    Tags:
    tropas, soldados, militares, exército, China, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar