23:47 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1294
    Nos siga no

    O líder norte-coreano Kim Jong-un presidiu uma reunião militar em que o Partido dos Trabalhadores da Coreia (PTC) apresentou uma nova estratégia política estipulando o aumento da dissuasão nuclear, segundo a agência de notícias estatal KCNA.

    Conforme publicou a agência, a reunião da Comissão Militar Central do Comitê Central do Partido dos Trabalhadores da Coreia (PTC) foi a primeira vez que Kim Jong-un apareceu em público desde 30 de abril, quando o líder inaugurou uma fábrica de fertilizantes em Sunchon, ao norte da capital Pyongyang.

    Tela de televisão em estação ferroviária de Seul mostra foto de arquivo de lançamento de míssil norte-coreano, Coreia do Sul, 1 de janeiro de 2020
    © AP Photo / Ahn Young-joon
    Tela de televisão em estação ferroviária de Seul mostra foto de arquivo de lançamento de míssil norte-coreano, Coreia do Sul, 1 de janeiro de 2020

    A reunião militar cobriu questões organizacionais sobre as Forças Armadas do país e o líder norte-coreano assinou um decreto sobre a reforma do sistema de comando militar. A KCNA disse que novas políticas para aumentar a dissuasão nuclear da Coreia do Norte, além do fortalecimento das Forças Armadas estratégicas, foram apresentadas na reunião.

    "Hoje, as Forças Armadas da RPDC [República Popular Democrática da Coreia] enfrentam uma pesada tarefa histórica de se armar com a ideia revolucionária, a linha e as políticas do PTC, conforme exigido pela situação atual, para defender com segurança o partido, a revolução, o país, o povo e o socialismo, reforçando o poder militar invencível em todos os sentidos [...]", disse uma ordem assinada por Kim, conforme publicado pela KCNA neste sábado (23).

    Segundo a agência, a ordem foi emitida neste 23 de maio, mas não está claro quando a reunião militar foi realizada exatamente.

    Há rumores de que o líder norte-coreano passou por problemas de saúde. A abertura da fábrica de Sunchon, no início deste mês, foi a primeira vez que Kim fez uma aparição pública em quase três semanas.

    Mais:

    Pyongyang teria preparado inauguração de fábrica em 48 horas para mostrar que Kim Jong-un está vivo
    Kim Jong-un teria substituído chefes de espionagem e de segurança pessoal após sua ausência pública
    Reforço de segurança anormal próximo a mansão de Kim Jong-un relança rumores sobre sua saúde
    Tags:
    República Popular Democrática da Coreia (RPDC), KCNA, Kim Jong-un, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar