12:45 22 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    7171
    Nos siga no

    O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, está usando uma legislação auto-descrita sobre direitos humanos para pressionar o governo de Hong Kong e ameaçar a soberania da China, afirmou Pequim nesta quinta-feira (21).

    Pompeo está "chantageando" a cidade semi-autônoma com a Lei de Direitos Humanos e Democracia de Hong Kong, disse um porta-voz do Gabinete do Comissário do Ministério das Relações Exteriores da China em Hong Kong.

    Ele acrescentou que a China não se intimida com as manobras políticas de Washington e que Pequim protegeria seus interesses nacionais de todas as ameaças estrangeiras.

    Assinada em lei em novembro de 2019, a lei exige que o Departamento de Estado audite anualmente o nível de "autonomia" de Hong Kong. A legislação exige sanções às autoridades chinesas e de Hong Kong se Washington determinar que os direitos humanos não estão sendo respeitados pela cidade.

    Manifestante em Hong Kong envolto na bandeira dos EUA, em 1º de dezembro de 2019
    © AP Photo / Ng Han Guan
    Manifestante em Hong Kong envolto na bandeira dos EUA, em 1º de dezembro de 2019

    O secretário de Estado dos EUA sinalizou na quarta-feira (20) que ainda estava avaliando se a situação em Hong Kong justificaria sanções.

    Alegando que ativistas na vanguarda das manifestações anti-China de meses estavam sendo "levados ao tribunal", Pompeo disse que era "difícil avaliar que Hong Kong permanece altamente autônomo em relação à China continental".

    Washington mostrou apoio vocal aos violentos protestos que abalaram Hong Kong desde março do ano passado. A questão exacerbou ainda mais as relações tensas entre os EUA e a China, que atingiram uma nova baixa em meio à pandemia do novo coronavírus.

    Mais:

    Após ameaça de suspensão de voos, Pompeo e Araújo discutem resposta à COVID-19
    Pompeo: há 'evidências significativas' de que coronavírus veio de laboratório em Wuhan
    Visita de Pompeo a Israel visou afastar país da China, diz mídia
    Tags:
    diplomacia, Donald Trump, Mike Pompeo, soberania, democracia, Hong Kong, China, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar