03:43 28 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Avanço da pandemia de COVID-19 em meados de maio (112)
    4171
    Nos siga no

    Nesta quarta-feira (20), o governo municipal de Wuhan, na China, divulgou a proibição total de todas as formas de consumo, comércio, criação ou caça de animais silvestres na região.

    "Está sendo introduzida uma proibição completa do consumo de animais selvagens e seus produtos derivados. A proibição se aplica a todos os animais terrestres, incluindo os da lista estatal de animais protegidos", diz o documento.

    O decreto municipal também inclui a proibição de venda de animais via Internet.

    No final de fevereiro, o Comitê Permanente do Congresso Popular da China votou pelo início do processo de erradicação das tradições de consumo e uso de animais exóticos e selvagens em todo o país.

    Para deter propagação do coronavírus, homem aplica desinfetante em mercado na China
    © AP Photo / Ahn Young-joon
    Para deter propagação do coronavírus, homem aplica desinfetante em mercado na China

    Acredita-se que um mercado de animais em Wuhan seja o local onde o novo coronavírus saltou de seu hospedeiro animal original para os seres humanos.

    A análise do genoma do novo coronavírus aponta de forma preliminar para uma origem em morcegos e pangolins, animais que teriam servido como os transportadores intermediários. Ambos são animais selvagens consumidos na China.

    Tema:
    Avanço da pandemia de COVID-19 em meados de maio (112)

    Mais:

    Surto de COVID-19 teria começado mais cedo e fora de Wuhan, segundo estudo de Cambridge
    'Alguém foi estúpido': Trump segue defendendo que coronavírus vazou de laboratório de Wuhan
    Todos os habitantes de Wuhan deverão realizar testes para COVID-19
    Tags:
    Wuhan, COVID-19, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar