08:43 27 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    4212
    Nos siga no

    Os Estados Unidos continuarão seus esforços para desnuclearizar a Coreia do Norte, independentemente de quem esteja comandando o país, afirmou o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, em entrevista nesta quinta-feira (7).

    "Temos um conjunto de missões. Queremos fazer todo o possível para convencer os norte-coreanos, quem quer que esteja no comando, que seu programa nuclear não é do seu interesse, eles precisariam desnuclearizar", disse Pompeo ao The Chris Stigall Show.

    "Precisamos verificar se isso ocorreu", acrescentou o alto diplomata norte-americano.

    No sábado (2), a mídia norte-coreana publicou fotos do líder Kim Jong-un participando das comemorações do Dia de Maio no país, parecendo refutar rumores generalizados sobre sua morte. Antes do evento, a última aparição pública do líder norte-coreano ocorreu em 12 de abril.

    Pompeo declarou que o governo do presidente estadunidense Donald Trump acredita que Kim ainda está vivo.

    "Observamos o que aconteceu lá, e durante todo o tempo o presidente foi bem claro: 'Mike, não perca de vista'", avaliou o secretário.

    As negociações EUA-Coreia do Norte estão no limbo desde que a delegação norte-coreana abandonou as negociações de outubro de 2019, dizendo que os EUA não apresentaram nada. Já os Estados Unidos alegaram que houve boas discussões durante as negociações.

    Mais:

    Coreia do Sul: Kim Jong-un está 'vivo e bem'
    Senador russo fala sobre saúde de Kim Jong-un após se reunir com embaixador da Coreia do Norte
    Posto de fronteira da Coreia do Sul é atingido por tiros disparados do Norte
    Tags:
    relações bilaterais, diplomacia, armas nucleares, desnuclearização, Kim Jong-un, Donald Trump, Mike Pompeo, Coreia do Norte, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar